Curso de Simbologia

Publicação em destaque

Transformando emoções em sentimentos

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Ecos de outras Eras - Prometeu agrilhoado


Toda a gente ouviu falar dos Deuses antigos da Grécia. As suas estórias inserem-se na galeria dos Arquétipos Humanos porque também eles eram Humanos e Deuses ao mesmo tempo.

Desde criança que aprendi a ler estas sagas e tentar compreender aquilo que existe nas entrelinhas.

Prometeu é um dos meus favoritos.

Reza a lenda que ele sendo um Titã, filho de Cronos e Reia, o Tempo e a Terra respectivamente, se compadeceu dos humanos que viviam na barbárie e, - para raiva do céu irmão Zeus, ao tempo o líder dos Deuses - resolveu descer do Olimpo trazendo-lhes o Fogo Celeste.

A sua punição foi ser agrilhoado no alto de uma montanha onde, todas as noites aparecia uma águia para lhe comer o fígado, que se regenerava durante o dia.

A estória é simples mas cheia de significados ocultos.

Se Zeus foi o pai dos Deuses Gregos, Cronos foi o avô… :)

E segundo parece ele queria comer todos os seus filhos todos até que, Zeus, seu filho também, o impediu de se reproduzir mais daquela forma. Isto representa os primeiros seres sem alma nem mente que a Terra gerou.

Os titãs como Prometeu, Oríon, Atlas e até o próprio Zeus eram grandes gigantes que habitaram a Terra e eram como deuses pois sabiam tudo sobre o universo. Eles misturaram-se com os humanos e deram-lhes a mente intelectual, esse era o Fogo Celeste. Depois de muita evolução os últimos deuses filhos de Zeus. Seriam os habitantes da Atlântida que fugiram para o mediterrâneo e fundaram grandes civilizações europeias desde 11.000 a. C.

O último cataclismo, nessa data, destruiu o que restava destas terras e sobretudo destruiu quase todos os últimos feiticeiros e a Magia.


Os feiticeiros antigos tinham uma grande energia na zona do fígado, era com esta energia que podiam, alçar a grande águia do Espírito a alturas inimagináveis. Na verdade, ainda assim é mas, já não somos feiticeiros, agora somos Curadoras e Curadores. E como tal podemos aprender a controlar a nossa energia.

Paz e Amor
Curadora64

Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:

Acordei e agora?



Resolvi escrever este breve post sobre as alegrias e tristezas do acordar.

São muitas as pessoas que têm vindo a acordar para os reinos espirituais desde 2012, isso não é novidade para ninguém e muito menos para nós portugueses, um dos povos do Atlântico que é descendente dos antigos Atlantes.

E as tais tristezas estão relacionadas com o karma pesado que quase todos nós carregamos dessas eras longínquas. Pois é… :(

É por isso que se sentem tão mal quando começam a ter consciência de quem são e existe uma altura em que a dor das limitações é mesmo insuportável porque ainda focam a vossa consciência na Matéria.

A esperança que vos dou é a de que quando começarem a focar nos reinos do Espírito tudo vai melhorar, vão sentir um alívio que será gradual e benvindo.

O facto de terem de lidar com perdas o tempo necessário até perceberem de que aquilo que procuram está no vosso interior espiritual, ou seja, no vosso Eu Superior é algo muito comum.

O sofrimento é provocado por querermos manter certas situações e a vida não ser complacente connosco. A mudança permanente vai ser uma constante e o melhor é habituarem-se ao inesperado.

A nossa espécie humana é perita em adaptar-se. Mais cedo do que julgam vão habituar-se a não fazer planos e deixar correr a vida.

Só precisam de aprender a estar atentos e esperarem as oportunidades certas. Por vezes, são mesmo inesperadas e inusitadas, há uma espécie de humor cósmico nisso tudo, embora a vontade de rir nessas alturas não seja nenhuma. :)

A maior alegria é descobrir que afinal não precisamos de nos preocupar com nada, apenas com mantermos o nosso equilíbrio entre corpo e mente. Assim que o conseguirmos começa tudo a fluir porque nós não estamos sós, existe uma família humana mas existe também uma família de entidades angélicas que nos acompanha, e trata de assuntos que nós não atingimos ainda.

É a eles que nos devemos dirigir quando precisamos de algo que nos ajude a viver melhor. Peçam com Fé e Amor e depois estejam atentos às oportunidades. A ajuda vem de onde menos se espera.

Quanto ao que podem fazer por vós, é viver um dia de cada vez com Esperança e Fé e a maior quantidade de Amor que conseguirem. Não interessa o que fazem nem onde vivem, façam a vossa parte o melhor que puderem e ajudem os outros com uma palavra, um sorriso…

Isso vai fazer com que libertem karma e ganhem cada vez mais consciência de que são Filhos e Filhas de Deus e como tal toda a Abundância, Amor e Paz é um direito de nascença.


Assim seja! 

Paz e Amor
Curadora64

Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

copyscape

Protected by Copyscape

Meridianos MTC

Kundalini

Toroide - Energia Livre

Formas de Pensamento

A Grande Invocação

Meditação pela Paz

Meditação fora do espaço e tempo (a qualquer hora e em qualquer lugar, sem inscrições nem regras)Apelo ao envio de Luz...

Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 11 de Julho de 2015

Aura - o que é?

Controlo da Mente

Vida ET


"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço."- Carl Sagan
Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 29 de agosto de 2015

Chakras

Deva Premal - playlist