Colecções Auras G+

Colecções Auras G+
Curadora Sessenta e Quatro

Publicação em destaque

Algumas considerações sobre a visualização espontânea de auras

terça-feira, 12 de julho de 2016

Crónicas do Um – Os Filhos da Luz



Reza a tradição que foi escrito em Senzar [Estâncias de Dzyan em que se baseia este conhecimento antigo], a língua secreta dos sacerdotes, consoante as palavras dos Seres Divinos que o ditaram aos Filhos da Luz, na Ásia Central, quando se iniciava a nossa Quinta Raça: naqueles tempos o Senzar era conhecido dos Iniciados de todas as nações, e os antepassados dos Toltecas o entendiam tão bem como os habitantes da perdida Atlântida; estes últimos o herdaram, por sua vez, dos sábios da Terceira Raça, os Mânushis [Lemurianos], que o aprenderam diretamente dos Devas da Segunda e da Primeira Raça.
[…]
O antigo livro, depois de descrever a evolução cósmica e explicar a origem de tudo o que existe sobre a terra, inclusive o homem físico, depois de traçar a verdadeira história das Raças, da Primeira à Quinta (a nossa), não vai mais adiante: termina bruscamente no início do Kali Yuga, ou seja, há precisamente 4.989 anos, quando se deu a morte de Krishna, o resplandecente deus solar, que foi um herói e grande reformador daqueles tempos [Em 1897 / 1898 estava-se em plena metade do Kali Yuga (Era das Trevas), que vai terminar em 2025].

- in “A Doutrina Secreta” pág. 103

***

Como já devem ter suspeitado, eu não estou a seguir a sequência total dos acontecimentos.

Alguns pontos são muito difíceis de compreender pelas nossas mentes pouco treinadas e ainda pouco conscientes de realidades esotéricas e subjectivas [o termo "esotérico" refere-se ao que está "dentro", em oposição ao que está "fora" e que é designado como "exotérico"; subjectivo significa abstracto, que se separa daquilo que é considerado concreto e objectivo].

Por isso mesmo, quase tudo aquilo que descrevo é exotérico e objectivo. E por isso, que me perdoem os Mestres de Cosmogonia a quem sirvo o melhor que posso. O meu fim é alertar e despertar os que me lêem e não mostrar Conhecimento inatingível intelectualmente.

Por outro lado, aquilo que falta em termos de geometria/numerologia cósmica está em: Crónicas do Um – A criação da geometria cósmica.

***

Na Quarta [Era], os Filhos recebem ordem de criar suas Imagens. Um Terço recusa-se Dois Terços obedecem.
A Maldição é proferida. Nascerão na Quarta [Raça]; sofrerão e causarão sofrimento. É a Primeira Guerra.
[…]
Houve combates renhidos entre os Criadores e os Destruidores, e Combates renhidos pelo Espaço; aparecendo e reaparecendo a Semente continuamente.
- Idem Pág. 378

Na quarta Era, em cujo ponto médio ocorreu o equilíbrio perfeito entre o Espírito e a Matéria foi também o período em que se desenvolveu a raça Atlante: a quarta Raça.

Foi nessa altura que se dividiu a Magia em Negra e Branca, ainda em formas de sementes, que se manifestaram mais tarde, no início do desenvolvimento da nossa raça: a 5ª já durante a quinta Era.

No início da quarta Era a primeira raça desenvolvida foi a Lemuriana e foi nessa altura que um terço dos Deuses [Filhos da Luz] se recusaram a multiplicar e a criar espécies à sua semelhança e segundo a sua classe.

"Não são Formas apropriadas para nós. Devem ser aperfeiçoadas."

Recusaram entrar nos duplos astrais de seus inferiores. Assim, prevaleceu o sentimento egoísta, desde o início, até entre os Deuses, caindo eles sob a mira dos Senhores Cármicos.

Por causa disso tiveram que sofrer e provocar sofrimento em nascimentos posteriores, isto é, ficaram sujeitos à lei do Karma.

Antes destes acontecimentos a queda do Espírito na Matéria era voluntária mas a partir daí deixou de ser.

Para se tornar consciente de si mesmo, deve o Espírito passar através de cada um dos ciclos de existência, cujo ponto culminante, sobre a terra, é o homem. O Espírito per se é uma abstracção inconsciente e negativa. Sua pureza lhe é inerente, e não adquirida pelo mérito; por isso, conforme também já assinalamos, necessário é, para chegar a ser um Dhyân Chohan dos mais elevados, que cada Ego atinja a plena consciência como ser humano, isto é, venha a se tornar o Ser Consciente que nós sintetizamos no Homem.
[…]
Constitui um dos maiores mistérios religiosos, ou antes, dogmáticos, o da chamada "Queda" dos Anjos. Quando o mistério da alegoria for explicado, ver-se-á que Satã e o seu exército rebelde se recusaram a criar o homem físico com o único fito de se tornarem os Salvadores e Criadores directos do Homem divino. O ensinamento simbólico, mais do que místico e religioso, é puramente científico, como veremos mais tarde. Porque, em vez de ser um simples instrumento cego e automático, impulsionado e dirigido pela Lei insondável, o Anjo "rebelde" reclama e exige o seu direito de julgar e de manifestar a própria vontade com independência; o seu direito de obrar com liberdade e responsabilidade, visto que tanto o Homem como o Anjo estão sujeitos à Lei Cármica.

Paz e Amor
Curadora64

Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

copyscape

Protected by Copyscape

Adam Kadmon

Meridianos MTC

Kundalini

viagem astral

Toroide - Energia Livre

Formas de Pensamento

A Grande Invocação

Meditação pela Paz

Meditação fora do espaço e tempo (a qualquer hora e em qualquer lugar, sem inscrições nem regras)Apelo ao envio de Luz...

Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 11 de Julho de 2015

Aura - o que é?

Controlo da Mente

Vida ET


"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço."- Carl Sagan
Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 29 de agosto de 2015

Chakras

Deva Premal - playlist