Colecções Auras G+

Colecções Auras G+
Curadora Sessenta e Quatro

Publicação em destaque

Algumas considerações sobre a visualização espontânea de auras

sexta-feira, 29 de abril de 2016

A Cromopunctura da Medicina Esogética - Método Peter Mandel


                                           http://www.sybile.net/art/

O fundador da Medicina Esogética, Peter Mandel, veio pela primeira vez a Portugal falar de novas formas de tratamentos holísticos, no âmbito do encontro "Medicina Esogética – Um Despertar para a Imunidade", nos dias 5 e 6 de Março, no Europarque, em Santa Maria da Feira.

Atendendo a que o evento foi organizado pela Harmocor e pela Escola Superior de Enfermagem da Cruz Vermelha Portuguesa de Oliveira de Azeméis, e com o apoio da Câmara Municipal de Vale de Cambra, pareceu-me que seria algo de importância e mudança para os novos profissionais de saúde.

Luz e Cores podem Curar

Muitos dos sistemas de antigas culturas tinham por base o fato de que luz e cores curam. Os gregos, os romanos, os hindus, os astecas e os chineses - todos eles consideravam o sol como fonte de luz e como uma divindade que podia curar. Desde tempos imemoráveis os raios de sol têm sido usados para doenças físicas e mentais. Uma conclusão lógica dos antigos era o fato que a cor, como parte da luz, tinha que ter os mesmos efeitos terapêuticos específicos. Os egípcios, por exemplo, erigiram templos de luz com aposentos de cores diferentes para curar determinadas patologias.

Cor é a fonte primária de vida e saúde. Cor é uma "língua" que as nossas células, que se comunicam entre si, entendem. O poeta e pesquisador Johann Wolfgang von Goethe tinha a mesma opinião. Ele considerava a sua teoria sobre a qualidade e as propriedades das cores, "filhas da luz", a sua obra mais importante. Ele afirmou, o que hoje é aceito cientificamente, que existem somente três cores básicas - vermelho, amarelo e azul - das quais todas as outras cores se originam.

Outro que tomou como base o postulado de Goethe para sua própria filosofia e terapias era Rudolf Steiner. Também Dinshah Ghadiali atribuiu grande importância às cores.

Dinshah afirma que todas as doenças têm origem na falta ou o excesso de cores no nosso corpo. O balanceamento desta discrepância promove a cura. Em tempos mais recentes devem ser mencionados Finsen (prémio Nobel em 1903 pelo seu trabalho sobre terapia com luz e cores) e Rollier. Os dois formaram a base do que é hoje a terapia com luz e cores, o que até 20 anos atrás era geralmente limitado às aplicações de luzes infravermelhas e ultravioletas.

O Efeito Energético das Cores

As últimas pesquisas em biofísica confirmaram o fato que o indivíduo humano não possui somente um corpo material, mas que ele possui também um corpo energético. Isto foi provado há alguns anos pelo físico e pesquisador de biofotões F. A. Popp da Alemanha. Ele provou que este corpo energético consiste de facto em luz visível. As mais recentes descobertas levam a conclusão que o metabolismo celular por inteiro e a comunicação entre células e grupos de células seria simplesmente impensável sem luz. Popp provou que as células de todas as criaturas vivas emitem biofotões, i.é, vibrações electromagnéticas. Esta radiação representa um campo de força em volta do organismo e exerce grande influência em todo nosso processo bioenergético.

Independentemente das experiências realizadas por Peter Mandel com a cromopunctura, o Prof. Popp já havia feito pesquisas por muitos anos sobre as propriedades dos biofótões. A sua obra não somente oferece uma visão fascinante do mundo da cromopunctura, mas ela prova efectivamente o seu valor terapêutico.

O campo de biofotões é superior à matéria. De acordo com Popp, todas as influências que afectam o organismo humano, tanto do lado positivo como negativo, estão em relação com este corpo energético. Isto também se aplica para medicamentos e às várias substancias nos alimentos ou no ambiente, onde, mesmo em ínfimas quantidades, elas nos afectam. A razão para isto é que as frequências das vibrações eletromagnéticas, mesmo na menor das partículas, se tomam efectivos no nosso corpo como informações.

Em física, uma vibração harmoniosa é o movimento regular de trás para frente num ritmo certo. O número de vibrações numa escala definida é chamado de frequência. Há frequências específicas, i.é., energias, que afectam o nosso corpo físico. 

Estas energias já foram mencionadas na medicina tradicional chinesa há milhares de anos. Para eles o homem é a conexão entre o céu e a terra. Os filósofos chineses atribuem o equilíbrio do corpo humano a uma força universal, a energia da vida chamada "Chi". 

O Chi é dividido em Yin e Yang, sendo que os dois existem no corpo humano como antagonistas que se complementam. Esta bipolaridade de Yin e Yang pode ser comparada aos pólos negativos e positivos da electricidade. O positivo Yang é associado ao dia, ao calor, à luz e ao masculino, tendo como suas cores quentes - o vermelho, o laranja e o amarelo. A noite, o frio e o feminino, com suas cores frias azul, verde e violeta, é a parte negativa, Yin.

Em terapias naturais sabe se há bastante tempo que os impulsos mais subtis provocam os maiores impactos. Em homeopatia as chamadas "potências altas" têm um efeito mais profundo e mais prolongado. Por isso, a terapia com luz e cores é de suma importância para tratamentos holísticos. Cores, como vibração pura, representam nada mais de que as várias frequências da luz visível. Estas vibrações provocam directa e indirectamente as mais diferentes reacções no corpo, sendo que seu efeito é indiscutível.

Para poder estimular a auto-regulação (p.ex: o nosso sistema imunológico), o terapeuta deve introduzir no corpo uma certa informação equilibradora. Em cromoterapia isto acontece via pele (absorção celular), a qual, de acordo com as mais recentes pesquisas, absorve impulsos luminosos e/ou coloridos, análogo à retina dos olhos que transmite impulsos coloridos ao cérebro (absorção psíquica). A pele não somente protege e cobre o corpo, mas ela é também o receptor e conversor de todas as vibrações que nos cercam. Isto se aplica particularmente a um número de pontos e áreas na superfície da pele, que têm uma maior "receptividade". De acordo com as pesquisas de Peter Mandel, os pontos de acupunctura fazem parte destas áreas.

As Cores na Medicina Esogética

Luz e cores serão um factor importante na medicina do futuro. Mais e mais pessoas começam se perguntar sobre o porque deles estarem doentes e começam a procurar a raiz, a origem de seu problema. Estas pessoas compreenderam que podem se curar quando eles começam a entender que eles são um "todo", corpo, mente e espírito. Para que um tratamento tenha êxito, é necessário que o nosso enfoque esteja na pessoa e não na doença.

Cores são partículas individuais do espectro luminoso visível, sendo que as frequências de cada cor são medidas em Nanómetros. Cada frequência vibracional contem uma informação. Esta informação provoca um efeito específico no corpo, devido ao fato que a vibração da própria célula começa a entrar em ressonância com a vibração da cor que está sendo aplicada. Esta célula individual "aprende" como equilibrar desarmonias com a ajuda destes impulsos harmonizantes e ela volta a oscilar na sua própria frequência. Como a cromopunctura é pura energia vibracional, ela é particularmente um meio útil para influenciar e equilibrar o nosso corpo energético.

A base importante da cromoterapia é o princípio da ressonância. A influência da absorção das cores pela retina acontece através do talamus opticus. Esta área (tálamo) é ao mesmo tempo também responsável pela informação introduzida via pele. Esta absorção via pele levou Peter Mandel a se valer dos pontos de acupunctura e de segmentos e pontos novos encontrados por ele. De fato, actualmente é possível aplicar e introduzir informações via pele, onde isto não é possível pela acupunctura ou por injecções. A aplicação destes estímulos segue certas regras. 

Peter Mandel testou durante anos a receptividade de cada ponto de acupunctura ou de segmento da pele, expondo-os a várias cores exactamente definidas, para testar sistematicamente a ressonância entre as cores em determinadas zonas e o seu respectivo órgão ou sistema. O resultado disto foi ter encontrado zonas, segmentos e pontos superiores hierarquicamente, que formam as assim chamadas somatotopias ou campos reflexos. Estes campos reflexos obedecem a uma certa ordem, ou seja, do mais denso ao mais subtil, principalmente nos sectores emocionais/mentais. A combinação de pontos e zonas com a escolha específica das cores têm um efeito regulador na exacta área que causou o problema. 

Resumindo: as nossas células que emitem luz, são passíveis de também receber luz reguladora. Células luminosas em desarmonia com o todo, causa de nossas doenças, podem se auto-regular pela ressonância através da aplicação de luz ou cores na pele. Por intermédio da aplicação de luz colorida em certos pontos de acupunctura ou zonas no corpo, podemos influenciar directamente problemas físicos e psicológicos, causa das nossas doenças.

O Efeito das Cores

Mesmo que o olho do homem pode distinguir cerca de 169 nuances de cores diferentes, existem, todavia, somente 3 cores básicas - vermelho, amarelo e azul -das quais todas as outras cores de originam. Cada uma destas três cores têm sua cor secundária, como também sua cor complementar. As cores secundárias são a mistura de: vermelho com amarelo = laranja, amarelo com azul = verde, azul com vermelho = violeta. As cores complementares são: vermelho - verde, amarelo - violeta, azul - laranja. 

Elas também são divididas em cores frias e quentes, ou seja, vermelho, laranja e amarelo são cores quentes, ou Yang e azul claro, azul anil e violeta são cores frias. A cor verde tanto é fria como quente, é neutra, mas é a cor mais importante na cura. Se nós relacionarmos estas cores básicas e mais o verde com o quatro temperamentos, temos: o temperamento colérico que corresponde à cor vermelha; o temperamento sanguíneo vibra na cor amarela, o melancólico na cor azul e o fleumático vibra na cor verde.

Além das cores básicas do espectro cromático, a cromopunctura utiliza também frequências infravermelhas e ultravioletas, e as assim chamadas cores espirituais (turquesa claro, verde limão, púrpura e rosa). Como seu nome sugere, elas são usadas particularmente para atingir as causas subconscientes das doenças. Como a nossa mente e o nosso corpo formam um todo, podemos afirmar que 90% das queixas físicas têm a sua origem na mente, i.é., psicossomático. 

É a mente que comando o nosso corpo e é de suma importância encontrarmos a causa primária (mental/emocional/espiritual) de uma doença. Isto requer muito tempo e paciência, já que o indivíduo doente normalmente não é capaz de submergir ao seu subconsciente para trazer a tona a causa ao consciente, onde poderá ser tratado. 

Os tratamentos psicoterápicos têm, provavelmente, a desvantagem de o terapeuta ser uma pessoa humana, incapaz às vezes de ser objectivo quando se trata de detectar problemas através da verbalização. Luz e cores, em comparação, são informação pura, genuína que penetra tudo. O uso correto da cromopunctura pode, não importa quão profundo o problema está no subconsciente, trabalhá-lo e até neutralizá-lo sem que seja verbalizado. 

Em resumo: Doença não é nada mais que a perda de habilidade das células de vibrar na sua própria frequência. É óbvio, então, que a luz, que mantém a vida, seja usada como fonte primária, para restabelecer a harmonia das células uma vez que elas se comunicam através de luz, emitem luz e são passíveis de receber informações através de luz. Isto não significa a eliminação rápida de sintomas, mas temos que encontrar a causa da doença através de um diagnóstico preciso e a aplicação correta de cores. A cromopunctura pode tanto ser aplicada como terapia principal, como também como terapia complementar, sendo que ela é um meio ideal para a profilaxia, a prevenção de doenças.

Curiosidades


Física da luz: A luz é formada por ondas electromagnéticas, que têm uma uma velocidade, c,  igual à frequência vezes o comprimento de onda.

Quanto menor a frequência, maior o comprimento de onda = cores quentes. 

Quanto maior a frequência, menor o comprimento de onda = cores frias.

O espectro de luz visível pode, então, assumir diversas cores desde o violeta até o vermelho em função do comprimento de onda.

Ultravioleta ou índigo = polaridade negativa, alcalino.

Vermelho ou infravermelho = polaridade positiva, ácido.


Efeito fotoelétrico: (Heinrich Hertz): Demonstrou que a luz pode alterar a composição eléctrica de qualquer substância material quando a energia da luz é transferida aos electrões da matéria criando uma corrente eléctrica.


Teoria corpuscular da luz: (Einstein): Propôs que a luz é composta por unidades chamadas fotões, onde esta tem uma natureza dual, ora partícula, ora onda.


Teoria ondulatória da luz: (Huygens): conclui que a luz se transmite por meio de ondas.


(Tomas Young): concluiu que uma onda sofre interferência de outra.


(Max Plank): explica a interacção entre matéria e energia, onde envolve absorção e emissão de partículas de energia.


Biofotões: (Fritz Popp): Descobriu que as células do corpo possuem luminosidade, onde estas reagem entre si e a qualquer interferência luminosa externa, alternando sua frequência vibratória. Cada célula emite uma partícula de luz chamada “quantum de luz” ou “biofotões”.

Obs.: Quando as luzes coloridas entram em contacto com a pele, são transmitidas aos órgãos, controlando o sistema endócrino. A excitação é um processo físico no qual impulsos eléctricos são enviados ao longo dos caminhos nervosos (através de iões de sódio) à área da hipófise e do hipotálamo, que controlam e regulam as funções vitais.

De acordo com o princípio da ressonância a menor oscilação iniciará o maior efeito, onde os impulsos energéticos das luzes são capazes de corrigir irregularidades celulares, consequentemente, disfunções funcionais. Goethe estudou a influência das cores sobre a parte anímica e sensorial (psiquismo), já que, quando pensamos sentimos e quando sentimos geramos uma determinada energia que se propaga em forma de onda. As ondas emitidas pelo pensamento possuem poderosos efeitos em nosso estado de espírito e no de outras pessoas. Essas ondas têm uma frequência que corresponde a uma cor.


Terapia básica de cromopunctura: é a aplicação de determinada cor, com determinada função, nos meridianos (medicina tradicional chinesa), em locais denominados "Pontos de Acupunctura".

Assim, Dr. Peter Mandel, fundador da Medicina Esogética, desenvolveu ao longo de trinta anos um sistema terapêutico eficaz e comprovado, onde cores são irradiadas para o corpo através da pele, em áreas punctiformes ou um pouco maiores.

Obs.: A palavra “Esogética” é a combinação das palavras Esotérico e Energético. No sentido mais amplo, a palavra “Esotérico” significa o resgate da sabedoria e de filosofias tradicionais antigas e que tratam dos princípios energéticos de todos os processos vitais, ou seja, da energia vital. A palavra “Energética”, por outro lado, tem por base as mais modernas conquistas da tecnologia científica actual, principalmente da bioenergética.

Sabemos que dor e a doença começam muito antes do que imaginamos e que uma das causas mais importantes do desvio da harmonia das células e órgãos é o conceito de stress causado por conflito. A Medicina Esogética tem uma visão de como as alterações poderiam se desenvolver.

Por meio de reacções orgânicas:

Reacção Endócrina;
Reacção Tóxica;
Reacção Degenerativa.

AS CORES:  
       
VERMELHO
LARANJA
AMARELO
VERDE
TURQUESA
ÍNDIGO
VIOLETA

*Cada cor possui uma indicação específica* 

Para a terapêutica em Cromoterapia, geralmente utiliza-se de aplicações de cores, com um bastão de cromoterapia (lanterna com um cristal na ponta, para fazer as aplicações no corpo, alternando as cores necessárias para cada caso. Pode-se utilizar também, as cores em um ambiente da casa, do trabalho, nas roupas do dia-a-dia, no carro, em banhos, em abajour, água solarizada, óleo vegetal medicado para massagens, banhos de pés com cores na água ou utensílios coloridos, em arteterapia...


Água solarizada: Para fazer a água solarizada você pode usar garrafas ou copos coloridos, pintados com tinta vitral ou revestidos com papel celofane. Use sempre água filtrada ou da fonte, não encher até a borda. Coloque a garrafa ou o copo no sol (entre 8:00h e 11:00h) para que a água possa ser energizada. O tempo necessário para energizar a água dependerá da intensidade do sol. (quando o dia está nublado eu deixo a manhã inteira, quando o dia está bom eu deixo por 2 horas). Ideal é fazer a água solarizada todos os dias, pois algumas cores deterioram-se em pouco tempo. Por exemplo, as cores quentes (vermelho, laranja e amarelo) deterioram-se em 2 dias; as cores frias podem durar até uma semana se guardadas na geladeira.


Você também pode usar esta técnica com óleo vegetal apropriado ao caso; apenas em tratamentos de uso externo. 

Fontes: 

http://www.corpoemente.com.br/texto.php?id_artigo=775&C=39&S=0
http://deaharmonianatural.blogspot.pt/p/cromoterapia.html
http://www.cm-valedecambra.pt/index.php/noticias/concelho/item/334-congresso-medicina-esogetica

quarta-feira, 27 de abril de 2016

As miragens e os tesouros





Há mais de 30 anos, na faculdade ainda, eu tinha um amigo muito especial para mim. Ele confiava em mim e contava-me tudo… Soube de todas as suas namoradas, de todos os seus problemas e isso era importante para nós os dois. Eu nessa altura falava pouco, tal como agora atravessava uma crise existencial, que não compreendia e precisava de estar sossegada. Mas a companhia dele distraia-me e animava-me. Até que um dia ele fez um grande silêncio. Começou a sentar-se ao pé de mim e não falava. Senti que havia algo importante mas respeitei, para mim estava óptimo, eu queria era silêncio… J

Passado uns meses ele disse-me que se ia casar e falou-me pela primeira vez do seu tesouro… Nunca mais me esqueci embora só agora atinja todo o significado.

Tenho outros amigos chegados agora aos quais recomendo, sigam a sabedoria do meu amigo da faculdade. Não se fala dos tesouros. Paulo Coelho diz que é lá que está o nosso coração e esta frase vem na Bíblia. A Mãe de Deus quando começou a ver as maravilhas que o seu menino fazia não as contou a ninguém, guardou no seu coração.

Ao contarmos a alguém aquilo que é forte e poderoso torna-se mais fraco. E perde-se…

Um parêntesis, nunca quis que ninguém me contasse a sua vida quando faço o meu trabalho de vidente, se sou vidente não preciso...Apenas preciso de apanhar a energia da pessoa, sem muitas palavras, apenas algumas.

Quando ajudo os meus alunos, é o mesmo, eu sei o que eles precisam mesmo que seja doloroso, às vezes amoroso. Eu sinto e isto é a Linguagem do Mundo, segundo Paulo Coelho ou a Terceira Linguagem, segundo Kryon.

Neste momento preciso de sossego e de reclusão e ainda não quis escrever sobre o que se passa comigo… Nem sei se algum dia escreverei, se é o meu tesouro, como posso falar dele?


Respeitem o vosso coração e se for bom guardem, se considerarem mau transmutem ou não…a escolha é vossa, mas recolham-se porque é um tempo de recolha e reflexão. Sei que já sentiram isto mas ainda não tinham reflectido, pois não? 

Conheço-vos… J

Paz e Amor
Curadora64

Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:
http://auras-colours-numbers.blogspot.com/

sexta-feira, 22 de abril de 2016

O Elemento Fogo - Saint Germain




À medida que a consciência dos estudantes é elevada à actividade do Elemento Fogo, tudo em seus Seres começa a actuar com uma intensidade que eles não compreendem e quanto mais trabalham neste Elemento Fogo, mais necessário será manter-Se em guarda e alerta.

O treinamento que tratamos de dar-vos para abençoar, proteger e iluminar os estudantes tem por fim treinar cada um para estar em guarda em todos os momentos. Ainda que todos devam compreender e esforçar-se por usar a Presença Eu Sou para manter o auto controle, devem aprender a permanecerem serenos se algo inesperado acontece.

Usai esta afirmação frequentemente; ‘Eu Sou a Presença em guarda”. Se algo inesperado acontecer, dizei somente: “Anularemos isto” e segui em alegre felicidade. Tratai de não terdes sentimento, porém sabei: Eu Sou a Poderosa Presença governando a actividade de cada um”.

Onde existir um Centro de Luz de Intensidade estará sempre presente um elemento perturbador que entrará através de alguém. Se estais trabalhando em casa, segui usando:
“EU SOU a prova contra qualquer distúrbio repentino”. Isto cria uma armadura que manterá a atmosfera harmoniosa.

Usai frequentemente ‘EU SOU a Presença que nada pode perturbar”. Mantende-vos sempre em uma atitude calma e alegre, aconteça o que acontecer. Para alguém a quem desejais ajudar, dizei: “Olha, irmão, através da Presença “EU SOU”, dou-te o poder de controlar isto, esta situação’.

O Grande Amor e a Harmonia dentro dos corações dos estudantes. mantidos durante um período de tempo suficiente, farão qualquer coisa possível. Sentis a grande onda de paz e alegria que vem como a brisa de uma manhã de primavera? Eu vos explicarei: assim podeis avaliar quão ilimitado e maravilhoso é esse cuidado amoroso.

O grande Mestre que Jesus contactou e que o ajudou a conseguir a Vitória, é o mesmo que foi meu Mestre, e foi Sua Radiação que nos chegou agora. Ele deseja que Eu vos diga que “À medida em que avançais no Caminho da Luz, achareis que o modo mais fácil de anulardes uma perturbação é dar-lhe as costas e esquecê-la.” Mais tarde podereis saber o Nome desse Mestre.

Para as actividades citadas, dizei: “Isto não é correto” e depois, rapidamente, deixai passar. Isto elimina o distúrbio que cresce.

A medida que nos aproximamos da Luz, tornamos-nos uma grande família. Sabendo que somente há Uma Grande Presença EU SOU” em todas as partes, vós, sendo a individualização d’Ela, sabeis que somente pode haver uma grande família, Filhos do Deus Único.

Que fique bem entendido: Se alguém muito querido é demasiadamente céptico, dizei com convicção definida: “Não existe nada que possa interferir em teu livre-arbítrio. Não nos incomoda o debater sincero, porém não toleramos a crítica nem a discussão.”

O Mensageiro deve negar-se a aceitar as coisas discordantes, enviando o elemento Amor para que sejam consumidas. O Mensageiro deve ser forte, porque, do contrário, o trabalho ficará pela metade. Nenhuma categoria ou trabalho do Mensageiro pode ser sustentado se ele permitir que um argumento ou sentimento discordante seja gerado.

É muito difícil ao indivíduo comum compreender que o modo mais fácil de impedir qualquer classe de perturbação é cessar a discussão sobre a questão. A única coisa que necessita atenção é o que está em vossa aura. O que está arquivado em vossa atmosfera só pode sair através de vosso sentimento. A palavra emitida não gravará a desarmonia em vossa Atmosfera Interna, a menos que tenhais usado um sentimento de condenação ou fúria. Se houver estas condições indesejáveis, é muito melhor que uma pessoa exteriorize e retire o fato da mente, do que guardar o ressentimento ou rancor de ter sido ferido, pois isso é o que se regista em vossa Atmosfera Interna. 

Do Meu ponto de Vista, vejo o que está registado em vossos sentimentos e, portanto, em vossa Atmosfera Interna.
Vós sabeis como se forma um enxame; pois bem, em vosso mundo mental se passa exactamente a mesma coisa que um enxame manifestam mundo físico. É muito importante que façais algo para não albergar um sentimento contra pessoas. lugares, coisas ou condições, porque estas se juntam e ficam gravadas em vossa Atmosfera Interna.

Se vos advém um desejo como “eu desejaria que fulano fizesse tal coisa”, transmutai-o imediatamente e dizei: Somente Deus em acção está ali”. Quando um sentimento se regista em vossa atmosfera, fixa-se ali até que o dissolvais ou o consumais.

É sempre o sentimento que faz o Arquivo Interno.

Não tem nenhum objectivo destruir-se uma coisa, se não desfazeis o hábito de gerar a causa. Uma pessoa pode conseguir isto facilmente dizendo: “EU SOU governando aqui”.

Não deixeis que vossos pensamentos corram desenfreados.
Muitas vezes os indivíduos são associados ou munidos com o único objectivo de obrigá-los a corrigir estas actividades, subtis, às quais a maioria das pessoas não prestam atenção.

É uma questão somente de aquietar o externo para que a Verdade seja recebida.

Isto é vital na auto-correcção do individuo.

À medida que vos elevardes em consciência, a energia estará esperando para expressar-se como avalanche, e se a energia não controlada, se precipitará velozmente e forçará a que façais coisas que numa faríeis por nada no mundo. Qualquer energia que for dada para vosso uso, é para que a solteis no mundo externo harmoniosamente. Tal é a Lei de Vosso Ser: A Lei Natural.

Se uma pessoa não compreende que deve governar a energia que flui através de si, e por isso entra em contacto com um elemento discordante, a energia que flui é qualificada por essa discórdia. A pessoa deve imediatamente transmutá-la, qualificando-a de novo com o Amor.

Em minha experiência, ao encontrar um elemento discordante, dizia simplesmente:

“Eu fecho minha porta. Tu ficas fora”.

A Energia Universal que flui através de vós tem uma natureza harmoniosa. Fechai a porta e pensai no que é importante. A humanidade tem resistência às pessoas, lugares, condições e coisas, porque não se aperfeiçoou. Os estudantes devem manter esta harmonia auto-governada dentro deles o tempo suficiente para que se crie um impulso que venha a ser o seu guardião permanente.

Se mantiverdes a Harmonia dentro de vós, atraireis todas as coisas boas para vós mesmos. A indicação de que não falhastes é, no momento em que expressada alguma discórdia, perceberdes que sois o único culpado. Não necessitais levardes isso escrito para recordar.

No momento em que surge algo discordante, o sinal de alerta será para que vos ponhais a trabalhar em vós mesmos. Cada individuo é seu próprio guardião e guia a todo momento. Existe um só Poder no mundo que pode corrigir qualquer coisa, e este é a Presença “Eu Sou” em cada um. Se vos negais a reconhecer que sois os criadores de vossas dificuldades, como então podereis corrigi-las e libertar-vos delas?

Não há pessoa, lugar, coisa ou condição alguma que vos possa perturbar, unia vez conscientes de vossa Presença EU SOU” sempre presente, pulsando em vossos corações em cada momento. Se uma pessoa corrigir esses sentimentos discordantes, permitirá que a ‘Grande Presença EU SOU” inunde seu mundo com toda a Perfeição. Se a pessoa não se corrigir, como poderá alcançar a Vitória Eterna?

A Presença EU SOU” é todo o Poder do Universo para fazer essa correcção. Deixai que a “Presença Eu Sou” flua, até que limpe e que purifique tudo. Quando vossa atenção se fixa firmemente na ‘Presença Eu Sou”, que sois, é como se vosso corpo fosse uma esponja muito fina através da qual esta Energia Pura se derramasse e o limpasse de toda imperfeição.

Se vós detiverdes a discórdia, a ‘Corrente da Presença Eu Sou” automaticamente limpará todas as impurezas. Portanto, tendes um poder ilimitado em vossas mãos para intensificar as ordens corretas.

Sabemos, do ponto de vista científico, que as células do corpo são renovadas em menos de um ano, mas se a discórdia pudesse ser evitada por igual tempo, a mente e a forma expressariam Juventude Eterna e Perfeição.

Por um sentido de falso orgulho ou algo semelhante a humanidade não quer enfrentar a Verdade de que a Causa está dentro dela mesma. O hábito de culpar os outros pelo que se passa em vós mesmos é o que vos cega para verdes a Verdade e prevenirdes a auto-correcção.

Uma maravilhosa ilustração disto manifesta-se na bela infância. Até que a criança não seja suficientemente grande para começar a acumular a discórdia, seu corpo é belo e expressa a Perfeição. Esta Perfeição de forma se manteria sempre, se não entrasse na consciência da criança a discórdia do mundo exterior. Há os que me diriam: “E o que se passa com as crianças que nascem enfermas e perturbadas?” Na maioria dos casos essa condição é trazida da encarnação precedente ou, em caso mais raro, há uma discórdia muito intensa entre os pais que poderá ser suficientemente forte para se registar na criança. 

Porém, notareis que, neste tipo de casos, à medida que a criança começa a crescer e se desenvolver, o distúrbio se notará cada vez menos. Essa é a prova absoluta de que a discórdia não foi sua própria criação, mas foi imposta na criança pelos pais, porque sua alma era suficientemente forte para elevar-se acima dela.

Neste ponto particular, deve-se compreender as condições assombrosas da sugestão que rodeia as pessoas. Por exemplo, tomemos o ambiente e a associação de pessoas que têm o hábito de andar juntas. Nessa associação amistosa, cada uma é susceptível à sugestão da outra; se esta é discordante, as associações se romperão cedo ou tarde em um grande combate.

Entretanto, a maioria das pessoas que se movem no mundo externo não percebe que estão sendo sugestionadas, por associação, ambientes ou condições expostas ante elas.

A atitude correta do estudante que conhece a presença “EU SOU” é a de adoptar imediatamente a posição firme de que “EU SOU’ protegido invencivelmente contra toda sugestão imperfeita”. Assim, poderá construir ao redor de si uma atmosfera que afugentará todas as sugestões que queiram se introduzir, provenientes de um elemento destrutivo.

Penso que é necessário chamar-vos a atenção para vossos velhos livros que dizem:

“Se a primeira vez não triunfardes, tentai novamente”. Não há maneira de obter a Vitória e o Domínio sobre a limitação, excepto a de manterdes-vos batalhando até que o consigais. 

Se duvidais, estais adiando vossa vitória durante o tempo em que durar vossa dúvida. Aqueles estudantes que realmente começam a compreender que, no reconhecimento e uso de sua “Presença EU SOU”, têm o Poder Universal às suas ordens, saberiam que é impossível falharem sua aplicação. Quanto mais a usardes, mais obtereis de seu Poder sustentador.


Cada vez que sentirdes uma manifestação do Cristo, dizei: “Eu Vos louvo e aceito a Luz da Vossa Presença, a Atividade do Eu Sou completa”. Tomai esta atitude sempre, e depois fechai a porta a qualquer criação discordante e indesejável. 

Recordai sempre que vós sois o senhor de tudo que vem ao vosso mundo pelo pensamento, e, a menos que possais perceber que sois o Senhor, sereis susceptível a outras pessoas e a toda classe de pensamentos e sentimentos. Em relação aos outros, sabei que: “Eu sou a Presença levando a (pessoa) à vitória de (condição)”. Se colocardes a atenção em uma condição de distúrbio, estareis dando poder a tudo, menos à vossa ‘Presença Eu Sou’.

Fonte: excerto de "O Livro de Ouro" de Saint Germain, Capítulo Vigésimo Quarto, pág 90, 
(para download clique aqui )

Feliz Dia da Terra



quinta-feira, 21 de abril de 2016

O anel de fogo do Pacífico



Estive a traduzir o Fulford desta semana, para o meu pai... Mesmo no final diz assim:

"Ainda sobre o tema do Japão, o terremoto na semana passada no sul do Japão aparece, a partir de evidências sismográficas e outros, até ter sido uma catástrofe natural. O anel vulcânico de fogo ao redor da bacia do Pacífico é muito ativo porque um novo continente está nascendo no meio do Oceano Pacífico, de acordo com fontes loja P2 Maçónica. Isso não vai acontecer durante a noite, claro, mas já novas ilhas estão nascendo na região."

E fui investigar… desde sempre têm aparecido e desaparecido ilhas dentro deste Anel de Fogo.



A última foi noticiada em Março, deste ano, pela TVI24:

Mas em 2013 houve outra a emergir ao sul do Japão:

Mas, neste momento estão muitos vulcões activos ao redor das águas do Pacífico, cerca de 36. Nem sei se alguma vez isto aconteceu… 

Claro que já apareceram alguns profetas da desgraça a prever cataclismos cósmicos. :)

Outros falam da tecnologia HAARP que tem sido utilizada naquela zona profusamente, sabemos que influencia o magma da Terra.

E ainda outros falam das experiências nucleares que sempre foram feitas por aquelas paragens.


Bom, digo eu, a mítica ilha de Mu pode estar a ressurgir, quem sabe?, e isso é uma profecia também, e muito antiga, que tem sido confirmada por videntes mais modernos.

Quando os povos da Terra estiverem a entrar na Era de Ouro, a Atlântida e Mu vão-se levantar de novo e, o ouro que nos vai permitir ter abundância será descoberto em vários locais do planeta.

Este ouro descoberto, tem sido monopolizado por várias famílias Iluminati ao longo dos milénios, e foi guardado originalmente pela Grande Fraternidade Branca, há muito mais tempo ainda, para ser usado nesta altura em que as mentalidades estejam mais evoluídas.

Existem mais locais onde se encontram toneladas de ouro que vão ser disponibilizadas e distribuídas por todos e essa informação vem da Sociedade Dragão Branco e é igual às que estão nos livros de Saint Germain.

O yuan internacional foi lançado, sem estardalhaço, no dia 19 deste mês, há dois dias, e é baseado nesse ouro.

Algo vai mudar... :)

Correcções e comentários de um amigo, sobre este post, que junto aqui posteriormente, com agradecimentos, por achar muito pertinentes:



"Nos textos do Edgar ele fala da Rússia explicitamente, mas é interessante que dá para perceber na parte do texto sobre "guiar", a presença de outra nação que nos últimos anos fica bem claro que é a China. Também é bem está escritos nos textos de Ezequiel sobre uma Rússia. (nota minha: "russ", para os antigos, queria dizer homens do Norte e nós sabemos que é da Hiperbórea, ao norte, que vem a Luz)
O yuan se firmou de fez em outubro/2015 do ano passado quando entrou no pacote de moedas do FMI, e até outubro/2016 será a segunda opção de moeda em transações internacionais. Hoje só existe o SWIFT, que é em dolar, e é comissionado. Eu já fiz uma vez, é uma combobox com uma única opção, SWIFT, mas terá mais uma breve: CIPS, que é em yuan.
Muitas operações são feitas nessa moeda nova já. Mas quando habilitar o CIPS qualquer país ou pessoa vai poder utilizar em qualquer transferências.
O ano passado foi um jogo de dominó orquestrado por essas duas nações: um fechou a ponta da economia, criando o novo sistema, e a outra fechou a outra ponta militar, controlando a rota do petróleo."



Lago Atitlan (vulcão) na Guatemala - foto de mais uma amiga, que está lá nesta altura importante da história da Terra -


Paz e Amor
Curadora64

Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute 
this material so long as you do not alter it in any way, the content remains 
complete, and you include this copyright notice link:
http://auras-colours-numbers.blogspot.com/

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Querer mudar o outro, Influências e o Exemplo


Até que ponto é seguro, honesto, justo, saudável, positivo, benéfico, influenciar na vida dos outros? Essa tem sido a fina linha que tenho pisado, e tentado aprender a caminhar sobre ela e como funciona.
Senti que precisava muito escrever sobre esses aspectos. E nesse exato momento em que minhas mãos deslizam sobre as teclas eu estou aprendendo e organizando as ideias que choveram desde que a questão foi levantada.
No post anterior na citação de Prem Baba um foi princípio levantado...
"Ninguém tem o poder de mudar o outro, apenas a si mesmo. E a partir de si mesmo é possível inspirar o outro a mudar. Porém o ego quer ter poder. Ele acha que já sabe de tudo e que pode mudar o outro. Achar que sabe mais do que o outro e querer modificá-lo a partir das suas crenças é uma das maiores distrações do caminho espiritual."
Aqui parece-me que é uma questão de reconhecer a bagagem de experiência do outro. Reconhecer e respeitar que o outro também teve e tem suas experiências. Que assim como eu, o outro também construiu seu sistema de crenças. E também Stephen Covey disse algo parecido e concluiu...
"Ninguém pode convencer ninguém a mudar. Os portões da mudança só podem ser abertos de dentro para fora."
É o que a vida tem me ensinado também. Parece algo unanime: "não se pode mudar o outro", então apenas ele mesmo pode se modificar. Isso implica também que apenas eu posso me modificar. E José Saramago diz...
"Aprendi a não tentar convencer ninguém. O trabalho de convencer é uma falta de respeito, é uma tentativa de colonização do outro."
Respeito, mas também compreensão. Porque se eu quero mudar o outro, então estou incomodado com ele. Se faço isso, então é porque acho que estou certo, e ele está errado. Não é mesmo? Mas e se a pessoa quer continuar experimentando aquilo?
O agricultor planta a semente mas não ordena: "Cresça!", "Deveria já estar grande!", "Dê frutos agora!", "Dê frutos amanhã!"... ao invés disso volta no outro dia e vê a terra seca, joga um pouco de água para não "encharcar". Volta outra dia e olha novamente. Também não fica sentado e parado esperando a planta crescer, pelo contrário, ele sai porque sabe se pisar demais a terra vai endurecer, e a sua sombra vai impedir o sol banhe o solo com a luz. Ele também olha pro céu e vê que vem chuva, então sai porque não precisa interferir. E reza e pede que o plantio seja abundante, mas não sabe e nem exige qual semente irá dar frutos. O filho que anda com ele aprende por que vê o que o Pai faz, e talvez seja por isso que Mahatma Gandhi disse:
"Você deve ser o exemplo da mudança que deseja ver no mundo."
Vejamos: Respeito, compreendo o outro, e sei que posso me modificar. A imposição negativa cria dureza, mas o exemplo ensina. O que acha?
Nesse exato momento em que escrevo. Meu coração está em chamas maravilhosas. Parei um pouco de escrever, para sentir. Mas continuando...
O exemplo. E como era que Jesus ensinava? Quando andava e a multidão o seguia, ele parava e sentava, e quando lhe perguntavam o que fazer, ela contava uma história ou estória. E o que é uma história senão um exemplo? Ele ensinava através do exemplo. Rapidamente...
Perguntaram: "Quem é o meu próximo?", resposta: "Certo homem descia de Jerusalém para Jericó..." (parábola do samaritano)
Para ensinar também contou sobre a ovelha perdida, ajudou o centurião, entrou na casa de Levi, etc. Mas não disse: Não sejam preconceituosos! E sim deu o exemplo.
Utilizava o também do exemplo dos outros para ensinar como a história da viúva. Assim como em muitas e muitas situações respondia jogando uma pergunta de volta, como no dia que sua família o procurou. E mesmo quando dava sua opinião utilizava exemplos, como no texto da tradução abaixo...
"Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte. As pessoas acendem uma lâmpada e a colocam, não debaixo de um cesto, mas em cima de um suporte, e ela brilha sobre todos na casa. Do mesmo modo, deixem brilhar sua luz perante os homens, para que vejam suas boas obras e deem glória ao seu Pai..." (Mateus 5:14-16)
"Para que vejam suas obras", o exemplo. Novamente o exemplo, mas sem vaidade, pois onde está a glória ou mérito?
Essa linha fina, tão sutil. É nela que é desafiador caminhar. Entre o ajudar, e o influenciar, e a compreensão de ser apenas um apenas um facilitador, um companheiro, um amigo...
Pois vejam o que Jesus disse e fez quando insistiam de o chamar de Mestre...
"Depois de lhes ter lavado os pés, tomou as suas vestes e, pondo-se de novo à mesa, perguntou-lhes: Compreendeis o que vos tenho feito? Vós me chamais Mestre, e Senhor, e dizeis bem; porque eu o sou. Se eu, pois, sendo Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros; porque vos dei exemplo, a fim de que, como eu fiz, assim façais vós também. Em verdade, em verdade vos digo que o servo não é maior do que seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou." (João 13:12-16)
Seria interessante chegar em um grupo e ver todos na mesma altura. Aprendendo e sorridentes, e ficar "intrigado" com quem é aluno e quem é professor, pois todos estão abertos a compreensão.
Intenção. A intenção real e verdadeira. Primária e original. O motivo real e não o ilusório. Essa é uma das chaves.
Estou feliz. Parece que tudo ficou mais claro agora. Vou reler depois para refletir.
Grande abraço.

ascendente999@gmail.com
Fonte: http://aprensinando.blogspot.pt/2016/04/querer-mudar-o-outro-influencias-e-o.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

copyscape

Protected by Copyscape

Qigong

Sobre o Amor

Adam Kadmon

Meridianos MTC

Kundalini

viagem astral

Toroide - Energia Livre

Formas de Pensamento

A Grande Invocação

Meditação pela Paz

Meditação fora do espaço e tempo (a qualquer hora e em qualquer lugar, sem inscrições nem regras)Apelo ao envio de Luz...

Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 11 de Julho de 2015

Aura - o que é?

Controlo da Mente

Vida ET


"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço."- Carl Sagan
Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 29 de agosto de 2015

Chakras

Deva Premal - playlist