Colecções Auras G+

Colecções Auras G+
Curadora Sessenta e Quatro

Publicação em destaque

Algumas considerações sobre a visualização espontânea de auras

terça-feira, 3 de novembro de 2015

A Aura Interativa


 
No fim serás sempre o que és.
— Goethe, ‘‘Quarto de Trabalho’
de Fausto: 1a Parte
(1808)

A visualização é como um pintor diante de uma tela em branco. Nossa imaginação - o pincel e as tintas - é somente uma ferramenta, um meio para um fim. Aquilo em que nos concentramos cresce. A imaginação e a visualização são as sementes que lançamos hoje para criar a realidade de amanhã.

Harmonia - A Energia da Luz Branca da Aura

A luz branca é o aspecto visual da energia que sustenta, purifica e harmoniza o corpo humano,  a aura e flui pelo universo inteiro. Essa energia também pode ser percebida por todos os nossos sentidos físicos quando os voltamos para dentro durante uma sessão de meditação.
 
Desse modo, podemos não só “ver” essa energia como luz branca, cor da harmonia e do equilibrio como também podemos ouvi-la como harmonias interiores.

Podemos tocar ou sentir os raios de luz e as ondas sonoras dessa energia; além disso, ela traz consigo uma sensação de amor e bem-estar.
 
A aura é um tipo de radiação invisível, embora luminosa, que lembra um halo ao redor do corpo físico. Ela tem paralelo com o campo de força eletromagnético pelo fato de envolver o corpo com um campo de energia biomagnética que funciona como um barômetro de seus processos fisiológicos. Todas as formas de vida tem uma aura composta de frequências vibracionais emitidas por partículas fundamentais do corpo. 
 
A luz branca é o aspecto visual de nossa essência divina, nossa Mônada e é a energia mais curativa e transformadora do universo. Por isso, quando estamos em busca de transformação e cura e de limpeza da aura devemos invocar essa luz durante a meditação e usar técnicas específicas de respiração e visualização.
 

Em sua “Autobiografia de um Iogue Contemporâneo”, Yogananda afirma que quando nos concentramos calmamente no chakra da sobrancelha - a sede de nossa “visão interior” - e depois passamos nossa atenção para um determinado ponto entre o bulbo (medula oblongata) e o hipotálamo, a corrente de energia que vem dos dois olhos dirige-se primeiro ao ponto da testa e depois para o bulbo; em seguida, a energia da luz branca aparece no terceiro olho, ou chakra da sobrancelha, refletida ali pelo bulbo.
 

Alguns minutos depois de manter a concentração nesse chakra da sobrancelha,  é possível sentir  uma expansão de consciência, e o contato com a Divina Presença
 

Portanto, há técnicas que podemos utilizar para ver essa luz branca - o combustível é nossa intenção sincera de procurar sentir a natu­reza ilimitada de nosso ser.
 

As técnicas práticas, caminhadas e exercícios respiratórios devem ser praticados para purificação da aura. Através de minha experiência pessoal e de orientação interior, descobri que é mais fácil conseguir isso depois que sintonizamos nossa frequência com o trabalho de respiração.
 

Grattan afirma que a energia de Mahatma alinha-nos com uma vida mais requintada, mais espiritual, onde os ideais mais elevados da humanidade podem ser concretizados.
 

Além disso, a combina­ção de sentir a vibração que nos sustenta mais seu aspecto visual de luz é mais intensa, pois juntas, essas experiências desenca­deiam sentimentos de felicidade e amor incondicional dentro de nós que podem ser comparados a estar envolvido pelos braços do Divino, ou da Unidade.
 

A unidade é a re-união de Mônadas, de almas, de consciências inteligentes que estão no plano de Luz do sol Maior.
 

Trabalhar com vibrações e com a energia da luz branca, da Alma ou  Eu Sou é a base de toda cura e de todo trabalho de transformação e, combi­nado à visualização criativa, permite-nos entrar em contato - e depois criar de acordo - com nossa natureza divina, ilimitada.
 

 “Tudo é energia. Tudo é Deus. A essência de Deus é amor.” Chega a dizer que a forma mais pura de energia de todos os universos é a energia de Mahatma, que é luz branca e dourada, e personifica a consciência que percorre todas as dimensões de volta à Fonte.
 

Ele chama essa energia de energia do futuro, que “trará as mais elevadas qualidades e valores de vida, bem como o bem espiritual da humanidade.”
 

Chega a dizer que o uso dessa energia vai libertar a humanidade dos limites da terceira dimensão e permitir que a espiritualização da matéria ocorra neste plano da existência.
 

Expansão da Aura 
 
 
A aura humana varia muito em tamanho, densidade e cor, além de consistir de diferentes raios de luz colorida, cada um, associado a um orgão do corpo. A vibração e a tonalidade de uma aura depende da evolução espiritual da pessoa, assim como de sua saúde geral. Quanto mais equilibrado e saúdavel você é, maior é seu campo áurico.
 

Também podemos sentir o gosto dessa energia quando a glândula pineal segrega um néctar, ou fluido, chamado pelos antigos iogues de fonte da juventude, ou amrita.
 
A aura é na verdade um sistema interativo, que transforma espontaneamente as nossas experiências, emoções, pensamentos e inter-relações em manifesta­ções visíveis de energia. Como já sabemos, as experiências positivas ten­dem a expandi-la e iluminá-la.
 

A conclusão lógica é que uma relação posi­tiva com nós mesmos está entre os meios mais eficazes de fortalecer e energizar a aura.
 

Todos os instrumentos e estratégias de desenvolvimento psíquico fundamentam-se nesse ponto central que é a expressão humana positiva, incluindo pensamento, imagem mental, afirmação e ação.
 

Em contraste com as experiências positivas que fortalecem o sistema áurico, as negativas tendem a contraí-lo e a
drenar-lhe a energia, o que é prontamente visível na aura.
 

Atitudes negativas, tais como hostilidade, res­sentimento, animosidade, preocupação, ansiedade e desânimo invariavel­mente abatem e descolorem a aura e ela se torna reativa e se une com auras compatíveis com suas emoções e desejos.
 

Escreva em seu diário, não quero ser medíocre. O medíocre tem uma aura apagada, revelam o campo magnético sem luz, e vivem desconectado da Unidade.
 

A palavra medíocre sinaliza para uma pessoa grosseira, egoísta, sem vontade própria,  não satisfatória, péssima, preguiçosa, inexpressiva, chata , meão, trivial, comum, banal, ordinário, fraco, insignificante, sem luz própria, irrelevante, sem talento, vulgar, que deixa a desejar.
 

Mais do que isso, as mesmas influên­cias que enfraquecem a aura também esgotam a mente, o corpo e o espíri­to.
 

Muitas pessoas vivem isoladas, e podem estar  com medo, ou vivendo no passado e sua aura não se comunica com o coletivo, com ou outro e  podem criar setas  em sua aura solitária.
 

O silêncio da mente, a harmonia com a Unidade, a meditação pode libertar a alma que está escrava de uma pessoa ou  de um espírito obsessor.
 

Um dos principais objetivos do desenvolvimento do poder psíquico é reverter os efeitos debilitadores da nossa postura negativa, revelando os nossos recursos positivos e utilizando-os para enriquecer a nossa vida.
 

Assim como acontece com as interações do nosso eu interior, as condições exteriores também afetam a aura e interferem em suas funções.
 

As nossas inter-relações magnéticas com o meio ambiente, principalmente com a natureza, podem energizar não só a aura, mas a mente, o corpo e o espírito, além de nos alçar a novos níveis de percepção e conferir novo significado à nossa vida.
 

De modo semelhante, as nossas interrela­ções com o plano espiritual podem fortalecer diretamente a aura, ao mes­mo tempo que nos incutem uma compreensão mais profunda da nossa existência.
 

A luz da nossa aura brilha com a chama  da harmonia acesa em nosso coração, com a integração com  a Unidade, com a generosidade inteligente, empática.
 

Nós emergimos dessas interações mais esclarecidos, inspirados, energizados e sintonizados, efeitos que se refletem de imediato na aura.
 

Dentre os fatores mais importantes que influenciam a aura, destaca-se a nossa relação com as outras pessoas. De modo geral, os relacionamentos sociais positivos, pessoais ou de grupos, energizam, expandem e iluminam o campo energético que nos circunda.
 

No caso de grupos, o relacionamen­to positivo pode na verdade gerar um amplo corpo de energia brilhante que se vê com frequência pairando sobre o grupo. Esse fenômeno sinérgico é apreensível por qualquer pessoa que se aproxime ou ingresse no espaço ocupado pelo grupo mesmo após sua dispersão.
 

A relação social, profissional negativa, por outro lado, tende a reduzir, esgotar e descolorir a aura individual e do grupo. Nenhum de nós é invulnerável às influências sociais, profissionais adversas.
 

Neste contexto, muitas empresas são fechadas, casamentos destruídos e podemos citar a traição e o logro em uma sociedade, em um grupo, em uma equipe que geram desconfiança e angústia – os encontros negativos, que nos perturbam e diminuem a nossa capacidade de concen­trar energia de forma construtiva e os rompimentos, que causam um dolo­roso desgaste nos nossos recursos de recuperação.
 

Todavia, quando sofre­mos reveses, é importante termos em mente que mesmo as experiências negativas podem ser vistas como oportunidades de crescimento, porque nos desafiam a enfrentar e superar as vicissitudes.
 

Uma aura forte, resistente, e cheia de energia invariavelmente reflete os efeitos benéficos dos embates com as adversidades do passado.
 

Com frequência, as influências sociais são tão sutis que escapam à nos­sa percepção consciente. Entretanto, podemos detectá-las por seu reflexo não só na aura, mas também no nosso comportamento.
 

Nas nossas rela­ções interpessoais, por exemplo, ajustamos espontaneamente a distância espacial que nos separa do outro, num fenômeno quase imperceptível que é paralelo à interação de dois sistemas de energia.
 

Simplificando, nós nos aproximamos das pessoas cuja energia nos atrai e nos afastamos daquelas cuja energia nos repele. Em geral, não fazemos qualquer esforço para ade­quar a distância quando a energia é neutra.
 

E comum que o exame da aura durante relações sociais positivas revele sistemas altamente energizados e amplos, indicando atração mútua.
 

E como se nesses relacionamentos as auras buscassem umas às outras, unindo-se e, em alguns casos, literalmente se abraçando, já as inter-relações prejudiciais em geral resultam na diminuição e na separação das auras.
 

Nas terapias de casais, pode-se ver a aura dos cônjuges que se distan­ciaram um do outro repelindo uma à outra e resistindo à interação.
 

Quase sempre, as mudanças nas duas auras acompanham com eficácia o progres­so, ou não, do casal na resolução dos problemas no relacionamento.
 

Entre os casais, bem como entre os grupos, as interações mutuamente satisfatórias normalmente geram uma energia radiante em toda a aura dos parceiros. Muitas das estratégias de fortalecimento da aura já apresentadas, tais como a Técnica de Sintonização Cósmica e a Técnica de Intervenção Abrangente, podem ser facilmente adaptadas para casais e grupos.
 

A simples participa­ção em exercícios de visualização energiza a aura e estimula relações sociais produtivas. Além disso, vários instrumentos concretos de energização e suas respectivas estratégias, tais como a Energização Por Meio de Cami­nhadas pela Natureza, Energização Por Meio das Árvores e a Técnica da Energia da Pirâmide que descrevemos anterior mente, são absolutamente eficazes quando usadas e praticadas por casais e grupos.
 

As relações energéticas mutuamente positivas exercitam a capacidade da aura não só de gerar energia, mas também de enviá-la e recebê-la.
 

A aura saudável se energiza ainda mais por meio de intercâmbios positivos com outros sistemas áuricos. A aura debilitada ou subdesenvolvida, que sofre de deficiência energética, é quase sempre incapaz de gerar energia, quanto mais de irradiá-la.
 

Para os indivíduos que não dominam o seu contato com sua Alma, com a Chama  Trina do seu coração, com a Unidade as estratégias de energização da própria aura, sugar a energia das outras pessoas pode pare­cer a única forma de suprir sua deficiência.
 
O egoísmo, a corrupção, a maldade do mau caráter, a preguiça, o oportunismo, a falsidade, o medo, a ambição, as drogas, roubo nos afastam da Fonte Divina do amor Universal que ilumina as auras, que revela a luz da Divina Presença.
 

Em consequência, eles frequentemente procuram pessoas dotadas de energia em abundância ou que têm uma inclinação natural para doar energia.
 

O resultado pode ser o afastamento daqueles que não estão dispostos a fazer esse tipo de doação ou uni relacionamento de dependência com aquelas que gostem de doar energia
 

Ocasionalmente desenvolve-se um relacionamento de dependência mútua em que indivíduos que sentem necessidade de doar energia dependem do parceiro que precisam recebê-la e vice-versa. A longo prazo, esses relacionamentos retardam o crescimento das partes envolvidas.
 

Emende os rasgos de sua aura, o campo magnético que está ao redor do seu corpo e que constitui a manifestação combinada da alma, mente e corpo.
 
Pode pensar em sua aura como uma estação emissora e receptora que envia tanto vibrações positivas como negativas, e que recebe vibrações dos outros assim como as vibrações superiores do mundo celestial. A sua aura revela tudo o que você é, e tudo o que já foi alguma vez. A troca a cada momento entre os sentimentos e pensamentos lhe dão cores.
 
Algumas vezes criamos distúrbios ou "buracos" em nossa aura e a luz sai por ali. Condenar-se a si mesmo, mesmo que seja um pouquinho, é como fazer buracos de agulha numa bacia de água.
 

Isto é o que acontece com sua aura quando permite que algo ou alguém o faça pensar que não é digno do amor de Deus. Não importa quanta luz atraia de Deus, ela vai fugir por esses buracos de agulha.
 

Queremos ter uma aura forte, ser espiritualmente íntegros.
 

Quando as pessoas dizem "sinto-me espiritual e fisicamente esgotado. Como posso recuperar a minha energia?" Isto ocorre devido à perda das energias de Deus, vindas através da Presença EU SOU e do Santo Cristo Pessoal.
 
Para saber se você tem uma aura frágil, faça a seguintes perguntas para si mesmo: Muda de opiniões e de decisões muito fácil? Falta concentração? É difícil manter a alegria? Cansa-se aparentemente sem nenhuma razão? Deixa-se influenciar facilmente pelos desejos e as vibrações negativas de outras pessoas?
 
Existem muitas maneiras em que isto pode ocorrer. Poderia sentir-se exausto porque literalmente deu partes de si mesmo. Quem sabe se sente como se tivessem drenado, porque está dando sua energia aos outros constantemente, especialmente se você é um profissional de saúde, um conselheiro ou alguém que trabalha num ofício orientado ao serviço.
 

O profissional de saúde iluminado pelo amor, com o tempo pode fortalecer sua aura, e  multiplicar a luz que ela emana com o silencio da meditação, com o encontro com a luz de Deus. A música antes de dormir é um purificador natural da aura. Quando sair do trabalho, seria bom fazer um ritual de deixar os sapatos  no local  e procurar seguir com a mente  iluminada com o agora.
 

O doador pode oferecer o seu trabalho ao seu anjo, à Divina Presença Eu Sou.
Eu sou a luz que cura Eu sou.

Para seguir dando, você necessita selar a sua aura e mantê-la selada. Lembre-se que a sua energia vai onde vai a sua atenção. Sua atenção é sua essência espiritual.
 
Conversas desnecessárias são outra maneira de se perder luz. As palavras inúteis, agressivas fazem com que gastemos nossa energia preciosa. Tente conservar as palavras e veja se adquire mais energias para fazer o que é verdadeiramente importante em sua vida.

Nossa sociedade é propensa ao ruído e o ruído pode danificar a aura. Algumas vezes preenchemos os espaços vazios do dia com o televisor ou o rádio ou com conversas. Não tenha medo de ter momentos de silêncio em sua vida para caminhar e falar com os anjos e com o seu Santo Cristo Pessoal.
 
A inveja e a crítica dos outros podem perfurar a aura. Quando alguém tem inveja, ou critica, ou faz ironias, está enviando "flechas envenenadas" e a atenção que os outros põem sobre si pode sugar a energia como um aspirador, a menos que esteja alerta e tenha formado um muro de proteção ao redor de si.
 
O descontrole emocional e a raiva também perfuram a aura. Alguns estudos dizem que os homens e as mulheres que têm uma grande hostilidade estão em maior risco de contraírem doenças coronárias e câncer.
 
A enfermidade primeiro começa a manifestar-se na aura. É como disparar um canhão contra si mesmo ou deixar que alguém o dispare. Os que se enraivecem com facilidade podem perder muito carma bom que tenham feito com árduo trabalho. Já vi pessoas que se irritam e perdem vários fragmentos de sua alma nesse momento.

Também tenho testemunhado pessoas que num acesso de fúria literalmente extinguirem sua centelha divina. Isto é muito sério.
 
Se você se dá conta de que tem um agulheiro em sua aura, pode reverter rapidamente a situação ao fazer orações e decretos dinâmicos. O decreto do Tubo de Luz e os decretos ao Arcanjo Miguel sempre são a sua primeira linha de defesa para fortalecer a sua aura.
 

Aura Meditação Guiada
 
Aqui estão os quatro passos para a prática de meditação da aura que promove a cura, a expansão da aura.
 

1.    Respire profundamente e lentamente no início, sentindo a presença da bioenergia "força vital" dentro de você.
2.    Sinta essa energia fluindo, circulando com a luz branca através de você e imagine que você está sendo  iluminado.
3.    Visualize essa energia dentro de seu corpo irradiando mais e mais. Veja se você pode ver / sentir a cor da energia.
4.    Enquanto visualiza a energia (e cor, se possível), direcionar essa energia nutritiva para a área do corpo que precisa de cura (por exemplo, áreas do corpo onde a dor reside ou se sentir fraco).
 
Passe 3-5 minutos por etapa.
 
Gratidão Meditação Guiada
 
Outra versão deste para todos os treinos dia usa o conceito de gratidão pelo bem-estar emocional:
 
1.    Sentir a presença de gratidão em seu coração. Pergunte a si mesmo o que você é grato neste momento ... e mantenha que em sua consciência / mente.
2.    Sinta essa gratidão fluindo através de você, limpando e curando você.
3.    Visualize irradiando a gratidão que sinto de volta para o Universo.
 
Fim da primeira  parte do texto.
 

Este texto é resultado de uma pesquisa inspirado em vários mestres do assunto, e pesquisa na internet
 
1.    Elizabeth  Clare Prophet .
 
 
Copyright © Dharmadhannya - 2011 - Todos os Direitos Reservados – Autorizamos a reprodução do conteúdo desta página em outras páginas da web, para fins de estudo, exclusivamente.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: http://dharmadhannyael.blogspot.com.br/

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

copyscape

Protected by Copyscape

Qigong

Sobre o Amor

Adam Kadmon

Meridianos MTC

Kundalini

viagem astral

Toroide - Energia Livre

Formas de Pensamento

A Grande Invocação

Meditação pela Paz

Meditação fora do espaço e tempo (a qualquer hora e em qualquer lugar, sem inscrições nem regras)Apelo ao envio de Luz...

Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 11 de Julho de 2015

Aura - o que é?

Controlo da Mente

Vida ET


"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço."- Carl Sagan
Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 29 de agosto de 2015

Chakras

Deva Premal - playlist