Colecções Auras G+

Colecções Auras G+
Curadora Sessenta e Quatro

Publicação em destaque

Algumas considerações sobre a visualização espontânea de auras

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Notícias do Mundo



 

Vou continuar a dar a conhecer as notícias que recebo e que não são publicadas pelos nossos órgãos de informação.

Mais uma vez lembro que procuro sempre confirmar a veracidade delas antes de as dar a conhecer. No entanto, por vezes, uma ou outra notícia merece aparecer aqui por ser susceptível de ser real, muito embora, nestes casos eu anote sempre que ela tenha de ser lida com certo cuidado por não ter sido confirmada até ao momento.


É o caso de hoje numa notícia que levará essa anotação.

 

Mas para já vamos ver o que se está a passar com o Drama dos Refugiados.

 Depois daquela primeira onda de solidariedade tão efusiva por parte dos países europeus, muito para além do que seria normal, e esquecendo os muitos europeus que também estão necessitados de ajuda e não a têm, só agora esta invasão começa a ser vista por um ângulo bem diferente.


Mas antes será bom lembrar que a NATO e o exército mercenário do Estado Islâmico (ou ISIS) são o que resta à elite da NWO para continuar a resistir aos ataques de que está a ser alvo e que aos poucos a está a fazer desaparecer.

 

A NATO depende da facção dos Estados Unidos e o ISIS depende de Benjamin Netanyahu.


Ora, tanto a Síria como o Iraque são países apetecíveis para a elite, pelos seus campos de petróleo que podem subsidiar durante mais uns tempos estas guerras, atentados e o mais que vão inventando. O Iraque já foi tomado com as consequências que todos nós conhecemos. A Síria está agora na ordem do dia. Já começaram as acusações de estar a usar gás pimenta, o mesmo que aconteceu com o Iraque, e o ISIS está no terreno para tomar os campos de petróleo e provocar esta fuga dos seus naturais, com actos de agressão e verdadeiro vandalismo.


E com isto pretendem mostrar ao mundo a incapacidade do governo Sírio de resolver esta questão, justificando a invasão e a ocupação daquele território pelas forças da NATO, mudando-se o governo por outro do agrado da elite.


A fuga dos Sírios para a Europa servia para pressionar os países europeus, que formam o grosso do exército da NATO, a agirem para parar com esta crise que está a afectar este continente. E como a Europa não tem relações com a Síria é impossível saber se os passaportes que usam são verdadeiros ou falsos. Assim, como sendo sírios, estão a entrar combatentes do ISIS para desestabilizar os diversos países europeus, tendo como principal alvo a Hungria, por este país estar ligado à Rússia.


Mas tudo tem os seus limites e já não é a primeira vez que a elite dá um tiro no seu próprio pé. O excesso de fugitivos pressionou demasiado a Europa que teve de repensar o modo de acabar com mais esta crise que a juntar à já existente crise financeira, acabará por afundar este continente. Só que não escolheram a via do ataque ao governo sírio, como a elite pensou.


A Rússia já tinha anunciado a sua disposição de, juntamente com o Irão, ajudar a Síria a conquistar o território perdido com os ataques do ISIS, tendo os Estados Unidos e Israel, muito prontamente manifestado a sua discordância e preocupação, tendo até mesmo Israel resolvido juntar mais umas achas à fogueira, dizendo que já estavam tropas russas na Síria.


Mas agora, muito surpreendentemente, foi a Alemanha e a França, a pedirem à Rússia para intervir no conflito Sírio, com total desprezo pela opinião dos americanos e israelitas.
 A ministra da Defesa alemã, Ursula von der Leyen disse ao jornal der Spiegel, que a participação da Rússia na luta contra o Estado islâmico extremista é bem vinda, sendo do interesse comum, combater o ISIS.



Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha também disse que o seu país gostaria de receber um maior envolvimento da Rússia na luta contra o ISIS. O Ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Frank-Walter Steinmeier, chegou a anunciar, juntamente com o ministro das Relações Exteriores russo, Lavrov e o seu colega francês Laurent Fabius, um empurrão para começar a acabar com a guerra civil na Síria.

Também o ministro do Desenvolvimento alemão, Gerd Müller declarou que era necessário uma iniciativa diplomática conjunta das Nações Unidas, com a participação da Rússia, dos Estados Unidos, da UE e dos poderes regionais para acabar com a guerra na Síria.

A Áustria e a Espanha parece que já apoiaram esta resolução conjunta da Alemanha e da França.


A Rússia já antes tinha tomado a iniciativa de enviar um aviso à OTAN, efectuando manobras militares no Mar Mediterrâneo. Mas depois do pedido alemão, o ministro russo Sergej Lavrov, admitiu a participação directa da Rússia no conflito, mas anunciou que devem ser evitados conflitos intencionais com os Estados Unidos e Israel. Lavrov também disse que o governo de Moscovo vai continuar a entregar armas às tropas da Síria do presidente Bashar al-Assad, passando então a apoiar este país na sua luta contra a milícia extremista do Estado islâmico.


E parece terem passado à acção muito rapidamente. Notícias não confirmadas (e aqui estão as tais notícias não confirmadas mas que junto, porque embora não confirmadas, são possíveis - e parece que são mesmo porque à hora de postagem desta notícia descobri um site que o confirma com fotos e tudo, ver aqui ) dadas pelo portal dos veteranos de guerra norte-americanos e que por sua vez são informados por altos comandos no activo, que 5.000 soldados da elite russa haviam penetrado em território de Israel, usando armamento altamente sofisticado, e tomado os Montes Golan a caminho de Telaviv, o que estaria a provocar a fuga de israelitas, surpreendidos por este rápido movimento russo.


(Lembramos que este território pertencia à Síria e foi tomado por Israel durante a Guerra dos Seis Dias, em 1967. Em 1973, na Guerra de Yom Kipur, Israel resolveu anexar definitivamente este território, ficando a pertencer ao seu sistema administrativo em 1981.)

Ao mesmo tempo, os russos estariam a estabelecer “áreas livres” na Turquia, à volta da cidade de Hatay, onde se abastecem as tropas da Al Qaeda.


Parece que vamos ter realmente um Outono muito cheio de novidades.

 E já agora duas notícias mais, que podem ou não mudar muita coisa. Só o futuro muito próximo o dirá.


Um interessante vídeo que apareceu nos Estados Unidos, descreve com todo o detalhe como vai ser o processo da declaração da lei marcial, que vai restabelecer a República dos Estados Unidos.

 Uma pessoa anónima mas que parece estar muito bem informada, descreve o processo de bancarrota de todas as instituições norte americanas, como Obama teve de entregar o poder no ano passado ao Departamento de Estado (logo John Kerry será o presidente de facto, neste momento) e antecipa que o estado de caos em que vive o país actualmente vai possibilitar a intervenção do exército dos Estados Unidos durante umas semanas para declarar a Lei Marcial e restabelecer posteriormente a constituição legítima dos Estados Unidos da América.


Também anuncia o crash final da bolsa nas próximas semanas para o estabelecimento do novo dólar que não levará o selo do Federal Reserve mas sim a palavra ouro. O governo será substituído pelo Estado Maior do Exército durante uns tempos, os bancos serão fechados e um serviço de aprovisionamento de comida será estabelecido. Mas diz: “Não se preocupem”, “este será um período de transição para a Nova República, garantido pelo exército”.


Diz ainda que os militares se estão a posicionar em Chicago e Boston e estão preparados para um ataque “biológico” e que vão emitir programas com medidas de segurança pela televisão e pela rádio e anunciarão por fim a derrota da Corporação dos Estados Unidos.


Uma outra notícia fala de uma investigadora judia, Rebekah Roth, que mostra fotografias de estudantes israelitas que alugaram um piso nas Torres Gémeas, antes do atentado, e o decoraram supostamente para mostrarem publicamente um trabalho artístico.


O problema é que as caixas em cartão que forravam a instalação eram de um produto que deixaram em evidência nas fotos, fusíveis empregados em demolições.

Já sabíamos que no mesmo dia dos atentados foram detidos estudantes israelitas que aplaudiram a queda das torres e que estavam com uma furgoneta carregada de explosivos. 

Mas a investigação de Rebekah revela que estes estudantes eram na realidade peritos em explosivos formados pelo exército israelita, que se fizeram passar por estudantes vendendo quadros durante meses e que eram seguidos pela DEA porque se dedicavam ao tráfico de pastilhas de ecstasy, uma actividade em que os israelitas são os maiores, segundo Daniel Estulin.

 Ao seguir a pista da empresa que forneceu o explosivo utilizado para detonar as torres, chegou-se à Halliburton, uma firma de Dick Cheney.

Vamos ver o que tudo isto nos trará para estes meses seguintes.


 por Raposa*
______________________________________


*O que escrevo é o resumo da consulta de várias fontes,
principalmente o Russia Today (RT), Telesur, France 24, TVE, Hispan TV e outros noticiários televisivos nacionais (Portugal) e estrangeiros. Também são fontes fiáveis: o Espia digital, Fulford e Rafapal.
No entanto, destes dois últimos, aproveito apenas o que pode ser confirmado como verídico (através das imagens das fontes televisivas) ou por qualquer outro método confiável.
*************************************
Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:

http://auras-colours-numbers.blogspot.com/

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

copyscape

Protected by Copyscape

Adam Kadmon

Meridianos MTC

Kundalini

Toroide - Energia Livre

Formas de Pensamento

A Grande Invocação

Meditação pela Paz

Meditação fora do espaço e tempo (a qualquer hora e em qualquer lugar, sem inscrições nem regras)Apelo ao envio de Luz...

Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 11 de Julho de 2015

Aura - o que é?

Controlo da Mente

Vida ET


"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço."- Carl Sagan
Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 29 de agosto de 2015

Chakras

Deva Premal - playlist