Colecções Auras G+

Colecções Auras G+
Curadora Sessenta e Quatro

Publicação em destaque

Algumas considerações sobre a visualização espontânea de auras

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Os Sonhos de Claridade


“Somos feitos da mesma matéria que nossos sonhos” - William Shakespeare
 
Desde há mais ou menos uns dois anos para cá tenho ouvido falar muito de sonhos lúcidos, sem entender muito bem o que sejam, talvez porque, nestes últimos três anos, tenho andado muito entretida com viagens astrais e etéricas…:)
Também pela descrição destes sonhos, por parte dos meus amigos e companheiros de blogue, pareceu-me que seriam como as viagens astrais. Mas não são, são antes sonhos em que se está consciente desse mesmo sonho.
E não… não tem a ver apenas com ter lembranças quando se acorda…claro que isso é necessário, como é óbvio, mas tem mais a ver com o reconhecimento da matéria do sonho como sendo da mesma substância da realidade física.
Do ponto de vista histórico temos uma forte tradição Tibetana embora eu reclame a tradição Xamânica… :)
Namkhai Norbu, o Lama Tibetano reiniciou este ensinamento no Ocidente em 1971 através dos seus ensinamentos de Yantra Yoga do qual é mestre de Dzogchen.
No livro “Dream Yoga and the practice of Natural Light”, este mestre Tulku reconhecido sugere uma série de exercícios para observar e até controlar os nossos sonhos.
Vou tentar explicar aqui alguns pontos seguindo-o e juntando a minha própria experiência de Xamã e velha alma…:D
A Natureza e Origem dos Sonhos
Nos meus primeiros anos de vida li muito sobre os ensinamentos Tibetanos e aprendi muito com estes. Nunca poderei ser menos do que muitíssimo reconhecida aos mestres Tibetanos que, através dos livros, me guiaram para aprender a ler auras, aprender a respiração prânica e sobre a vida depois da morte mas, a pessoa com a qual aprendi mais sobre sonhos foi a minha avó materna.
E, apesar dos exercícios todos apresentados neste livro, foi apenas com a intenção que sonhei com um lama tibetano conduzindo o sonho e primeiro que tudo tomei consciência dos sonhos todos que sonhei logo na primeira noite depois de começar a ler o livro.
E por isso agradeço à minha avó que tinha "pintas de Xamã"… rsrs
A natureza dos sonhos é igual à da vida do corpo material porque é na alma que dá vida ao corpo que vemos as marcas energéticas de vidas passadas e mesmo desta vida.
As marcas energéticas apresentam-se no corpo manifestando-se através da aura…por outras palavras vêm-se na aura e em cicatrizes ou marcas no corpo. Algumas pessoas nascem com marcas no corpo ou ao longo da vida desenvolvem uma doença que lhes deixa uma marca física.
Ao sonharmos - quando se é uma alma velha e essas marcas que são sinal de uma grande energia que foi projectada, num determinado local do nosso corpo, por altura da morte ou num grande acidente, em outras vidas ou nesta vida – podemos ter bastantes pesadelos que refletem estas situações.
Esses são os pesadelos kármicos. Segundo o livro de Namkhai Norbu podem ser de 3 tipos, ele desenvolve bastante este ponto.
Mas falta algo do ponto de vista Xamã: os pesadelos podem ser de origem xamânica. Os Xamãs quando estão a “acordar”, e ainda não são experientes, sentem-se compelidos a fazer serviço espiritual – porque é essa a sua natureza – movimentando-se em mundos de densidades muito diversas.
Tudo bem com as densidades leves – nas quais existe muita Luz – mas nas densidades mais carregadas é vulgar depararem-se com seres de ética volátil, diria eu, eufemisticamente, o que dá origem a pesadelos. Esta condição é delicada e estou a generalizar muito de propósito, porque embora não haja nada a ter medo – a não ser o próprio medo -, eu não quero influenciar ninguém…
Só com muita prática e sendo vidente é que se sabe o que significa cada um dos sonhos. Aviso já que, até parece mas, não sou infalível… Simplesmente não consigo chegar a certas pessoas, é como se tivessem um muro e mesmo que me deem autorizações e mais autorizações não dá, no íntimo delas estão fechadas ou por medicamentos e drogas ou por um desígnio intimo que é inviolável… Deve-se respeitar e recuar, cada um tem o seu próprio caminho.
Existem ainda os Sonhos de Claridade que todos temos, porque somos Filhos da Luz, e esses sonhos refletem o futuro e os ensinamentos úteis das outras vidas. Algumas pessoas conseguem mesmo encontrar-se com grandes mestres e aprender com estes um assunto que lhes interessa.
Estes sonhos são vivenciados através do Corpo de Luz (Body of Light). Este Corpo de Luz é reconhecido, e manifestado, pelo seu equilíbrio dos 5 elementos, os quais se veem na Aura: terra – amarelo, branco - água, vermelho – fogo, verde – ar e azul-escuro – éter (espaço ou forma).
Aliás esta sequência de cores é vista em cima dos órgãos do nosso corpo que estão de boa saúde. As pessoas que estão num equilíbrio perfeito, de todos os seus corpos, são rodeadas por todas estas cores como um halo.
Já viram que a saúde do plano físico é igual à do plano mental…que nós somos feitos da mesma massa que os sonhos como dizia o Bardo imortal.  
Como ter um Sonho de Claridade?
É o que todos desejamos… um sonho em que ao acordar nos sentimos encorajados a continuar, no qual temos a confirmação de que estamos no caminho certo. Maravilha!
Pois, mas é possível, e é para todos… O Lama assim o diz. Diz ele e incontáveis outros Lamas antes dele e eu confirmo pela minha experiência.
Aliás, tenho feito muitas experiências na última semana. Se a isto tudo juntar as experiências da minha vida toda de 51 anos mais as das outras vidas anteriores… é muita experiência! :)
Porque se me estiver a ler e for Xamã, e um daqueles Xamãs que faz viagens etéricas conscientemente, vai ver que é canjinha, coisinha muito simples… rsrs
Mas eu escrevo também para quem ainda não acordou totalmente, para todos os que estão a lembrarem-se devagar, como uma bela borboleta desenrolando as suas asinhas multicoloridas, com todas as cores do arco-íris… <3
                                     

        Corpo de Luz com o “A” Tibetano branco no interior
Etapas do sonho consciente – ou como atingi-lo
1º Preparação – Se o seu intento for puro e se essa intenção e interesse se mantiver durante todo o dia acordado vai ser mais fácil. A maneira mais fácil de descrever é o que será um ”interesse- desinteressado”. Mantenha-se longe de conflitos e evite remoer maus pensamentos. O que é sempre bom mas neste caso vai canalizar as suas melhores energias do dia para a noite e manter a sua Claridade.
2º Ao deitar – evite estar com o estômago muito cheio, evite o PC e o telemóvel, etc… Se for mulher deite-se do lado esquerdo (e tape a narina esquerda) para libertar o canal do sol e tapar o canal da lua. Estes canais ficam ao longo e paralelamente à coluna vertebral. Se for homem é ao contrário. Deite-se do lado direito e tape a narina direita. O efeito é o mesmo…
3º Visualizar o “A” e carregar a Claridade ou Luz Natural – Visualizar a letra branca “A” latina, se tiver dificuldade em visualizar o A tibetano, mais ou menos a meio do seu corpo…visualize outro “A” a sair do primeiro dirigindo-se para o chakra coronário, depois visualize a energia a descer esses “A” e a descer para outros “A” para os pés… Essa movimentação de energia através dos “A” vai carregar a Luz Natural ou Claridade que vai ser usada durante a noite.
4º A fase do dormir profundo não tem sonhos – e dura a primeira parte da noite, só no final da noite, de madrugada os sonhos são de modo a serem percetíveis e conscientes. E é nesta fase que conseguimos estar conscientes dos sonhos e até lembrarmo-nos deles. Apenas uma ressalva: o que acontece é que o sonho aparece e nós observamos e podemos até intervir mas essa é uma pequena fase em que a nossa mente não está ativa…porque assim que a mente fica activa ela faz colapsar o sonho rsrs
 
Pois é… e agora perguntam vocês: - Então como é que neutralizamos a mente?
Excelente pergunta!
O truque é estarmos "de fora"…vermos algo, que por vezes nos diz muito, sem nenhuma ligação emocional, parecendo que não é nosso… não é fácil!
Por isso as visões e sonhos que são de assuntos referentes a outros são muito fáceis mas as que nos dizem respeito é outra coisa…Ainda esta noite tive essa experiência…é pena porque tinha ficado a saber sobre o meu futuro mas não gostei do que vi – algo que já foi uma má experiência no passado e a intrusão súbita da mente destruiu o sonho, lembro-me de acordar e dizer: -OHHHH!… :)
Treinem muito e leiam o livro se acharem bem… e deixo-vos com este filme sobre o Yoga dos Sonhos:

 
e outro sobre o Yoga dos 5 Elementos: 
 
Mais informação sobre o Yantra Yoga ou Tsa Lung aqui.
 
Paz e Amor
Curadora64


Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:
http://auras-colours-numbers.blogspot.com/

 

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

copyscape

Protected by Copyscape

Adam Kadmon

Meridianos MTC

Kundalini

Toroide - Energia Livre

Formas de Pensamento

A Grande Invocação

Meditação pela Paz

Meditação fora do espaço e tempo (a qualquer hora e em qualquer lugar, sem inscrições nem regras)Apelo ao envio de Luz...

Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 11 de Julho de 2015

Aura - o que é?

Controlo da Mente

Vida ET


"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço."- Carl Sagan
Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 29 de agosto de 2015

Chakras

Deva Premal - playlist