Colecções Auras G+

Colecções Auras G+
Curadora Sessenta e Quatro

Publicação em destaque

Algumas considerações sobre a visualização espontânea de auras

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

O Raio Branco e os Guerreiros do Arco-Íris

          

 

Sonhei com o Raio Branco e percebi que tinha de escrever sobre ele. Procurei orientação junto do meu Eu Superior e entendi várias coisas que vou passar a explicar.
 
Anteriormente respondi sete perguntas sobre o Xamanismo. Este post é a continuação e aprofundamento deste assunto.
 
Existem dois pontos fundamentais. O primeiro é a evolução da aura de um xamã desde que acorda até que encontra a sua missão.
 
Antes de acordar e quando está a passar pela noite escura da alma tem uma aura típica em que existe uma cor alaranjada muito forte e brilhante com uma camada pouco uniforme de um tom verde baço e hesitante.
 
Da última vez que vi essa aura típica o verde estava apenas no lado direito superior do corpo. Como sei que essa cor e posição da mesma vem do fígado, percebi que estava na presença de um xamã poderoso e de uma alma muito antiga e de um corpo de uma certa geração (nascido em data anterior a 1990).
 
Antigamente os xamãs curavam usando um dos órgãos do corpo. Isso agora está um pouco ultrapassado mas são sinais que temos de saber interpretar.
 
Com o acordar algumas auras ficam índigo porque o xamã apercebe-se da injustiça do mundo. Outros mais pacíficos e sábios vão ficando com as auras amarelas…primeiro um amarelo baço e depois com a confiança que vão adquirindo, pelo serviço prestado aos irmãos, vai ficando mais límpido e brilhante.
 
A cor violeta é passageira e a verde também…só surgem quando o xamã está a serviço e durante esta fase em que a sua aura ainda não estabilizou…
 
Nesta altura o xamã ainda luta para domar o Ego e as influências “exteriores”. Quanto tempo vai demorar nesta fase só depende dele compreender que, aquilo que teme pertence-lhe, está dentro dele também e, como tal, só ele pode resolver essa situação.
 
Quando finalmente consegue domar o medo, a culpa, o ressentimento e o sofrimento conseguiu domar o Ego[1].
 
Ao domar o Ego conseguimos ouvir mais e mais a voz do nosso Eu Maior e a nossa aura muda de novo. Percebemos que os nossos guias somos nós próprios, noutra dimensão, inclusive.
 
Essa aura é azul e amarela e vai ficando cada vez mais clara e brilhante. Também se vai tornando maior…de maneira que ao entrarmos numa sala ou ao passarmos por alguém as pessoas e animais olham-nos e reconhecem-nos como alguém que traz a Paz e o Amor.
 
Para os que nasceram depois de 1990… praticamente já nascem com auras assim como descrevi…são como a flor de lótus…pode estar na maior porcaria mas está sempre imaculada… e com estrelas ainda por cima…rsrs
 
Alguns nascidos um pouquinho antes desta data mas cujos pais sejam índigos têm auras muito claras e brilhantes…são os cristais.
 
Quando vejo um pequeno xamã a acordar, porque alguns vivem em situações em que não têm guias assumidos e não desenvolveram as suas capacidades, vejo sempre uma aura brilhante e quase branca (as tonalidades variam conforme a educação e família) …
 
Estes só precisam que lhes expliquem algumas coisas e vão em frente corajosamente…
 
                       
 
E os Guerreiros do Arco-Íris perguntam vocês?
 
Este é o segundo ponto. E aqui entra o Raio Branco que não tem a ver com Serápis Bey especificamente…este é o Raio da Luz e do Amor.
 
A Grande Fraternidade Branca a que pertencem os grandes Mestres Ascensos pertence à mesma energia mas nenhum mestre em particular regula estes seres, ou talvez todos juntos os regulem...
 
Numa aura muito clara e límpida, quase branca manifestam-se todas as cores do arco-íris num cocar de índio longo. Estas cores saem em faixas desde o chakra coronário, na cabeça, correndo desde as costas até às pernas…percorre assim todos os chakras principais.
 
A primeira vez que os vi, já tinha ouvido falar dos Guerreiros do Arco-Íris mas, nunca tinha visto nenhum.
 
Tive que ver dois deles em acção para compreender aquilo que são…mesmo assim tive de meditar muito e ver mais alguns nas minhas viagens etéricas para compreender o significado do que estava a ver.
 
Estes são os que esperávamos desde a profecia dos índios Cree, Lakota e Sioux, desde a profecia dos Maias e de outros povos… até na Bíblia fala sobre estes Guerreiros…
 
 
Vou citar algo que está noutro blog, com agradecimentos:
 
“Havia uma senhora da tribo “Cree” nomeada “Olhos de Fogo” que profetizou que um dia, por causa do homem branco ou “Yo-ne-gis” (ganância), que chegaria um momento onde os peixes morreriam nos riachos, os pássaros cairiam do ar, as águas estariam escurecidas e as árvores já não existiriam mais, a humanidade como era conhecida deixaria de existir.
 
Haverá um tempo em que os “Guardiões da Lenda”, histórias, rituais culturais, mitos e todos os costumes tribais seriam necessários para restaurar a nossa saúde. Eles seriam chamados de os “Guerreiros do Arco-íris”. Haverá um tempo de despertar quando todos os povos de todas as tribos formariam um “Novo Mundo” de Justiça, Paz, Liberdade e reconhecimento do Grande Espírito.
 
Os “Guerreiros do Arco-íris” iriam espalhar essas mensagens e ensinar todos os povos da Terra ou “Elohi”, como era chamado o planeta pelas tribos. Eles iriam ensiná-los a viver o “Caminho do Grande Espírito”. Eles iriam mostrar à humanidade como a civilização de hoje afastou todos nós do “Grande Espírito” e é por isso que a nossa Terra é “doente”.
 
Os “Guerreiros do Arco-íris” mostrariam que esse “Antigo Ser” (o Grande Espírito) é cheio de amor e compreensão e os ensinaria a fazer a Terra bonita novamente. Estes guerreiros dariam à civilização princípios e regras para se seguir para fazer o seu caminho certo com o mundo. Tais princípios seriam aqueles das Tribos Antigas. Os “Guerreiros do Arco-íris” iriam ensinar ao povo dos quatro cantos da Terra as práticas anciãs de individualidade, amor, harmonia e compreensão.
 
Como as Tribos Anciãs, eles ensinariam as pessoas a orar para o “Grande Espírito” com um amor que flui como o belo riacho de uma montanha que percorre o caminho para o oceano da vida. Mais uma vez, eles seriam capazes de sentir a alegria na solidão e em conselhos. Eles seriam livres de ciúmes e amariam toda a humanidade como irmãos, independentemente da cor, raça ou religião. Eles iriam sentir a felicidade entrar em seus corações assim sentindo-se parte de toda a existência humana. Seus corações seriam puros e irradiariam calor, compreensão e respeito por cada indivíduo da humanidade, natureza e o “Grande Espírito”. Assim eles enxeriam suas mentes, corações, almas e ações na maior pureza dos pensamentos. Eles procurariam a beleza do “Mestre da Vida” – o Grande Espírito, Assim encontrando força e beleza na oração e na solidão da vida.
 
Seus filhos, mais uma vez, seriam capazes de correrem livre e desfrutar dos tesouros da Natureza e da Mãe Terra. Livre dos temores de toxinas e destruição, provocada pelo “Yo-ne-gi” e suas práticas de ganância. Os rios voltariam a correr claros, as florestas voltariam a ser abundantes e bonitas, os animais e pássaros seriam repostos. Os poderes das plantas e dos animais voltariam a ser respeitados e a conservação de tudo aquilo que é bonito se tornaria um estilo de vida. Os pobres, doentes e necessitados seriam cuidados pelos irmãos e irmãs da Terra. Estas práticas voltariam a se tornar uma parte de suas vidas diárias.
 
Os líderes do povo seriam escolhidos à maneira antiga – não pelo seu partido político ou aquele que poderia falar mais alto, aqueles que possuíam a maioria ou por xingamentos ou “atirando lama”, mas por aquelas cujas ações falaram mais alto. Aqueles que demonstraram seu amor, sabedoria e coragem e aqueles que mostraram que eles poderiam fazer, e fazem, um trabalho para o bem de todos, seriam escolhidos como líderes ou chefes. Eles seriam escolhidos pela sua qualidade e não pela quantidade de riquezas que havia obtido. Como os atenciosos e dedicados antigos chefes, eles entenderiam o povo com amor e veriam que seus jovens foram educados com o amor e a sabedoria de seus arredores. Eles iram mostrar-lhes que os milagres podem ser realizados para curar este mundo de seus males e restaurá-lo para  a saúde e a beleza.
 
As tarefas destes Guerreiros do Arco-íris são muitas e grandes. Haverá terríveis montanhas de ignorância para conquistar e eles se encontrarão em um mundo de preconceito e ódio. Eles devem ser dedicados, inabaláveis em sua força e puros de coração. Eles encontrarão muitos corações e mentes dispostos que vão segui-los neste caminho de restaurar a Mãe Terra, a beleza e a abundância – mais uma vez.
 
Este dia chegará, não está muito longe. O dia em que veremos como devemos a nossa existência aos povos de todas as tribos que mantiveram a sua cultura e patrimônio. Aqueles que mantiveram os rituais, histórias, lendas e mitos vivos. Será com este conhecimento, o conhecimento que eles têm preservado, que vamos mais uma vez retornar à harmonia com a Natureza, a Mãe Terra e a humanidade. Será com este conhecimento que vamos encontrar a nossa chave para a sobrevivência.”
 
Só precisamos de mais um búfalo branco e mais Guerreiros do Arco-Íris…estes últimos estão a acordar em força…os novos líderes da Humanidade serão incorruptiveis e altruístas porque serão liderados pelo Grande Espirito.
 
 
--------------------------------------------------------------------------------

[1] Todos os dias o Ego aparece. Ele não desiste nunca…Mas uma vez aprendendo como lidar com ele nunca mais o deixamos tomar as rédeas da nossa vida. Esse papel pertence ao nosso Eu Maior, à nossa Essência, Aquele que habita no nosso Coração.
 

Paz e Amor
Curadora64

Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

copyscape

Protected by Copyscape

Adam Kadmon

Meridianos MTC

Kundalini

viagem astral

Toroide - Energia Livre

Formas de Pensamento

A Grande Invocação

Meditação pela Paz

Meditação fora do espaço e tempo (a qualquer hora e em qualquer lugar, sem inscrições nem regras)Apelo ao envio de Luz...

Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 11 de Julho de 2015

Aura - o que é?

Controlo da Mente

Vida ET


"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço."- Carl Sagan
Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 29 de agosto de 2015

Chakras

Deva Premal - playlist