Colecção Auras G+

Colecção Auras G+
Posts por temas

Publicação em destaque

Transformando emoções em sentimentos

segunda-feira, 3 de março de 2014

A MUDANÇA NA AURA DEVIDO À CURA – CUIDADOS A TER


 
Escrevo para almas velhas, como eu, sei o que estão a passar porque também eu atravesso uma crise existencial… J

Mas devido à ajuda de outras almas velhas (obrigada C. e J.) recuperei e estou aqui para contar vantagem. J

Vão ter com os vossos amigos verdadeiros, quando sentirem que tudo está a mudar à vossa volta a uma velocidade tal que se torna insuportável.

Pedimos tal mudança mas, só agora, sabemos que a dor provocada ao perdermos as nossas camadas áuricas mais antigas é tremenda.

Há muito tempo, li que somos como uma lâmpada envolta em muitas camadas finas, como as de uma cebola. Para que a nossa luz brilhe temos que as libertar.

Como não temos a sabedoria necessária, ou não queremos essa libertação de energias que equivale, energeticamente, à morte de um ente querido, temos de passar por um processo de luto e dor.

Se não detetamos a tempo, às vezes é silencioso, pode manifestar-se alguma doença.

Tudo isto é apropriado e devíamos celebrar. É o apanágio das almas antigas: experimentamos todas as diversas facetas do amor, todas as cores na verdade e, isso é muita experiência acumulada que agora disponível para todas as almas do Universo, graças a nós almas valentes, que fizemos TUDO o que era necessário. J

A isto é vulgarmente chamado de libertação de Karma. Geralmente é conotado com algo negativo…não quero ir por aí, nem acredito nisso…acredito sim, no que disse atrás e que no final veremos que TUDO é BOM.
 
Outra analogia é a de um pássaro que tem de ter ossos ocos para poder voar. A carga densa tem de ser libertada para podermos elevar-nos mais alto.

Não cedam a culpas e pessimismos (que geralmente aparecem ao vermos TV). Evitem livros e filmes sobre desgraças. Se não houver mais nada que possam fazer refugiem-se na Natureza, viajem, leiam livros positivos que elevem o vosso coração ao EU MAIOR, ao Senhor: “Sursum corda!”

O que realmente se passa quando se inicia uma cura é uma movimentação de energia na aura que se manifesta aos nossos olhos videntes como uma mudança de cor e “claridade”.

Geralmente inicia-se com uma mudança para um tom de azul escuro, tipo índigo que varia em tonalidades que incluem mais ou menos vermelho.

Depois a pessoa vai mudando a cor da sua aura conforme as suas crenças  nesse momento de mudança.

Dizer que uma aura é azul ou amarela é muito vago, existem infinitas tonalidades de azul claro que significam nervoso, outras que significam pureza e inocência, outras indecisão, o amarelo é igual, existe um amarelo que é conhecimento verdadeiro. É resplandecente e maravilhoso.

Existe um amarelo que é de alguém que está no caminho mas ainda tem dúvidas, esse é um amarelo que não é límpido.

Existe um amarelo que aparece quando a pessoa tem uma infeção ou está intoxicada; existe um amarelo alaranjado que aparece quando a pessoa está imunodeprimida; existe ainda outro tom de laranja que aparece quando a pessoa tem um tumor…

O mesmo se passa para as outras cores, ninguém me ensinou mas, quando as vemos compreendemos o que querem dizer - mais tarde ou mais cedo compreendemos, quer por observação, quer por intuição.

As cores vão subindo de vibração conforme a pessoa vai mudando e libertando as energias mais densas. Vamos tendo cores mais brilhantes, transparentes e puras. As tonalidades podem ser escuras mas terão sempre estas três importantes qualidades.

Quando sentirem que estão em mudança áurica abstenham-se de estar em grupos grandes de pessoas desconhecidas ou, com quem já não tenham contacto à muito tempo. Isso vai ser mais confortável para vocês porque já basta a vossa própria mudança de energia para vos perturbar não precisam de mais novidades… J

Evitem também sítios de cura, porque as curas são energéticas e geralmente usam energias não tão elevadas como desejaríamos para fazer uma movimentação tipo redemoinho para depois esperar que o paciente faça o resto.

Este tipo de cura, infelizmente muito comum, em que o curador foi buscar a energia a algum lugar de dimensão inferior à do Eu Maior da pessoa a curar – só o próprio paciente o pode fazer - pode ser mais prejudicial que benéfico.
 
Querem a vossa cura ?

Pois estabeleçam diálogo com o vosso Eu Maior, reconheçam nele o Senhor e esperem ate ficarem mais em Paz, continuem a insistir, mesmo que lhes pareça que ninguém ouviu, observem as sincronicidades e agradeçam.

O Eu Maior é o único que sabe o que é melhor para vocês, sabe quando é o tempo certo para a “colheita” e sabe como fazê-la.

Ele é o mestre energético e áurico, o Grande Curador, não se coloquem nas mãos de outros, vocês são seus próprios Mestres. J

Paz e Amor. J
  

Curadora 64 
 

Copyright © Curadora64 All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:
 
http://auras-colours-numbers.blogspot.com/2014/03/lxxvi-mudanca-na-aura-devido-cura.html

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

copyscape

Protected by Copyscape

Meridianos MTC

Kundalini

Toroide - Energia Livre

Formas de Pensamento

A Grande Invocação

Meditação pela Paz

Meditação fora do espaço e tempo (a qualquer hora e em qualquer lugar, sem inscrições nem regras)Apelo ao envio de Luz...

Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 11 de Julho de 2015

Aura - o que é?

Controlo da Mente

Vida ET


"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço."- Carl Sagan
Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 29 de agosto de 2015

Chakras

Deva Premal - playlist