Colecções Auras G+

Colecções Auras G+
Curadora Sessenta e Quatro

Publicação em destaque

Algumas considerações sobre a visualização espontânea de auras

domingo, 1 de abril de 2012

A ROUPA


A roupa, é dos itens mais importantes. O hábito faz realmente o monge. O ideal seria andar sem roupa a maior parte do tempo.
Neste mundo caótico e porco em que vivemos a roupa protege-nos não só das bactérias e germes mas também das mentes sujas de algumas pessoas. Isto se soubermos usar roupas adequadas, é claro.
Não vou entrar em pormenores de moda e gostos pessoais.
O meu interesse é outro. Existe um estudo científico em que diz que as pessoas geralmente vestem segundo os seus estados de espírito. Por exemplo, as pessoas deprimidas adoram vestir calças de ganga clara.
Então, como conclusão, o estudo aponta que devíamos vestir roupas que nos fizessem sentir como queremos ser.
Não é só a forma mas também a cor que usamos que influencia o nosso comportamento.
Reparem bem, temos roupa para ir trabalhar e temos roupa para nos divertirmos, ir à praia, etc. Por instinto sabemos o que é apropriado ou não, para uma dada situação.
Cores escuras indicam que a pessoa se quer proteger. Existe uma antiga tradição de quem estivesse a meditar profundamente se devia envolver numa capa com capuz de cor negra. Era para proteção, livrando-nos das influências exteriores.
Tenho uma amiga cabeleireira que é professora de cursos profissionais para cabeleireiros, ela veste sempre de negro pois diz que a função de um cabeleireiro é ser invisível e discreto.
Mas, se queremos estar abertos ao mundo e atrair coisas boas, usamos o branco ou as cores pastel.
É uma escolha que fazemos todos os dias ao abrirmos o nosso guarda-fatos.
Eu por exemplo, evito usar vermelho. Não é cor para mim, a minha energia tem tendência ao exagero e ao nervoso e eu não quero isso. Assim, rejeito essas cores e quando estou equilibrada não as tenho na minha aura.
Mas, imaginem que, uma pessoa é excessivamente calma e acomodada. Devia usar vários tons de vermelho, exagerar mesmo no uso dessas cores.
Uma pessoa que queira falar em publico, com sucesso deve usar, se for homem, uma gravata azul clara e se for mulher um vestido, blusa ou lenço da mesma cor.
Um colar de turmalinas, pedra semipreciosa de cor azul clara, é o que uso muitas vezes quando dou aulas. É mais fresco quando está calor e o efeito é o mesmo.
Além disso as pedras preciosas e semipreciosas, também nos podem proteger de vibrações indesejadas como são as vibrações dos aparelhos eletrónicos que usamos no dia a dia.
Existe um site que explora este assunto mais profundamente:
Uma curiosidade: este ano (2012) a grande tendência em cor primavera/verão é o cor de laranja. O mundo está definitivamente a ficar mais feminino, bem precisávamos desta energia.
Queria ainda falar sobre as energias de determinados materiais que usamos na nossa roupa diariamente.
Os melhores tecidos são os de origem vegetal: os algodões, os linhos, etc..
Os intermédios, são os de origem animal: as lãs (que não ofendem ninguém, não se mata a ovelha, até se presta um serviço ao animal, especialmente se estiver calor) e o couro.
Este último é controverso, embora enquanto houver quem se alimente de porco e cabras, temos peles à nossa disposição.
E tenho de referir que em termos de calçado é do melhor para a nossa saúde. (Ainda ando à procura de um material melhor e mais humano...mas, os materiais sintéticos não são bons, não deixam respirar...)
Eu tinha um professor de Electrónica que, na faculdade, quando me foi ensinar a soldar peças de electrónica de alta frequência, olhou para os meus sapatos e comentou que estava mais bem calçada do que ele. Ele tinha sapatos de sola de borracha e eu tinha sapatos de sola de couro.
Quando soldamos peças tão sensíveis como essas podemos destruí-las com uma pequena carga electrostática, por isso temos uma pulseira que nos liga à terra.
Aliás muita gente abre os seus computadores e mexe nas peças tocando-as danificando assim os componentes...
A borracha impede que tenhamos contacto com a terra e descarreguemos a electricidade acumulada pelo contacto com os aparelhos eléctricos e ao mover-nos com as nossas roupas sintéticas.
O tecido sintético juntamente com a borracha é do pior, não só para a nossa saúde como para a Mãe Natureza.
Fomos “feitos” para estarmos o mais possível em contacto com a natureza e a roupa só atrapalha.
A roupa e o pavimento das nossas ruas e soalhos dos nossos edifícios, são o que de pior  podemos usar para interferir negativamente no nosso equilíbrio.

Paz e Amor
Curadora64

Copyright © Curadora64  All Rights Reserved. You may copy and redistribute this material so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link:
http://auras-colours-numbers.blogspot.com/

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

copyscape

Protected by Copyscape

Adam Kadmon

Meridianos MTC

Kundalini

viagem astral

Toroide - Energia Livre

Formas de Pensamento

A Grande Invocação

Meditação pela Paz

Meditação fora do espaço e tempo (a qualquer hora e em qualquer lugar, sem inscrições nem regras)Apelo ao envio de Luz...

Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 11 de Julho de 2015

Aura - o que é?

Controlo da Mente

Vida ET


"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço."- Carl Sagan
Posted by Auras, Cores e Números on Sábado, 29 de agosto de 2015

Chakras

Deva Premal - playlist